Famílias vieram de várias partes da cidade – Foto: Denilson Paredes/A TRIBUNA

Cerca de 200 famílias invadiram uma área de propriedade da Prefeitura de Rondonópolis, destinada para abrigar o loteamento social Alfredo de Castro II, no Grande Conquista, após o Parque de Exposições. Elas são oriundas de várias partes da cidade, onde viviam de favor ou aluguel.

Nesta tarde, os ânimos entre os invasores estão bastante exaltados. Eles reclamam da demora no processo ou mesmo que não conseguem fazer o cadastro habitacional junto ao Município. Dessa forma, querem que a Prefeitura faça o cadastro deles e providenciem terrenos para eles.

A área invadida foi comprada pela Prefeitura para abrigar cerca de 2.400 famílias em lotes urbanos, de caráter social, para pessoas previamente cadastradas e selecionadas no programa habitacional do Município.

A Polícia Militar está com viatura no local apenas para garantir a ordem, sem intervir na ação.

Famílias reunidas para organizar o movimento – Foto: Denilson Paredes

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui