Até que enfim biblioteca central passa a atender ao público – Foto: Divulgação

Rondonópolis ficou sem a Biblioteca Municipal Central por um período de sete anos. Após esse vazio cultural, a Prefeitura anunciou que vai reinaugurar essa estrutura no próximo dia seis de dezembro, às 17h, agora em prédio junto à Avenida Marechal Rondon, 639, no Centro.

Até 2014 a Biblioteca Municipal Central ficava na Avenida Cuiabá, também no Centro. Na época, a alegação era de que a desativação foi necessária em função de uma reforma, mas, depois disso, não mais reabriu. Foram anos de cobranças e dúvidas em relação à reativação da unidade.

Por muitos anos a Biblioteca Central foi uma das principais referências de pesquisa e consulta didático-literária para estudantes das redes municipal e estadual. Mas, com o seu fechamento, o prédio ficou marcado pelo abandono, com a sujeira e o mato tomando conta do terreno.

Posteriormente, a Secretaria Municipal de Infraestrutura avaliou como condenada a estrutura do endereço antigo, não podendo mais ser utilizado. Desde 2017, o Município passou a anunciar que buscaria outro lugar para sediar o espaço literário, mas somente agora a situação desenrolou.

Com a reinauguração, todo o acervo estará novamente disponível e liberado para consulta para a população. Atualmente são cerca de oito mil títulos em seu acervo total. As obras da literatura brasileira são a maior parte dos livros. Os estudantes podem ainda levar o notebook e utilizar a internet sem fio de forma gratuita para os estudos.

A reinauguração da Biblioteca Municipal Rachid Mamed ocorre como parte da programação de aniversário da cidade.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui