Alguns dos participantes na ação ambiental na região do bairro Vila Rica – Foto – Divulgação

O Juizado Volante Ambiental (Juvam) da Comarca de Rondonópolis é parceiro do projeto “Homenageando Vidas”, que criou o Memorial André Sabino, no bairro Vila Rica, com o plantio de uma árvore para cada uma das 942 vítimas da Covid-19 no Município, durante a pandemia.

A ação foi desenvolvida pela Prefeitura de Rondonópolis por meio das Secretarias de Meio Ambiente e Saúde, em parceria com a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (SEMA-MT), Ministério Público, Polícia Militar Ambiental, Câmara Municipal de Rondonópolis e sociedade organizada.

No local foram plantadas árvores de diversas espécies nativas como ingá, jatobá, jacarandá, angico, aroeira, ipês de várias cores. As mudas foram produzidas pelo Viveiro Municipal da Secretaria de Meio Ambiente e doadas para o projeto.

O Memorial foi construído em um espaço de 10 mil m², em uma Área de Preservação Permanente (APP), na nascente do Córrego do Poço, área revitalizada. O nome do memorial homenageia o ex-servidor público e enfermeiro e ex-coordenador do Samu, que faleceu vítima da Covid-19.

Rondonópolis é um dos mais de 60 municípios do Estado a aderir à ideia lançada pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (SEMA) de construir um memorial com o plantio de mudas de árvores nativas como forma de homenagear as pessoas que perderam a vida para o vírus nesta pandemia, além de buscar a preservação do meio ambiente.

De acordo com o Secretário Municipal de Meio Ambiente, Leandro Leite, “o projeto Homenageando Vidas, não é apenas em tributo às pessoas vítimas da Covid, mas também tem um cunho de preservação ambiental importante, quando revitaliza uma área de APP como esta e preserva uma importante nascente do Córrego do Poço, que estava ameaçada com a ocupação irregular” explicou.

Participaram da ação conjunta o representante da SEMA-MT Ailton Fonseca, o comandante da 2ª Cia de Polícia Militar Ambiental tenente-coronel PM Renato Carneiro Macedo, Elza Maria Gonçalves do Prado, representando o Juizado Volante Ambiental, Marcelo Baia do Moto Clube Caveiras do Cerrado; ONG – Protetores das Águas Rondonopolitanas, Lions e Rotary e moradores da região.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui