Local está completamente esquecido, tomado pelo matagal e transformado em um verdadeiro depósito de sucata (Foto – Divulgação)

O abandono do prédio que abrigava a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), em Rondonópolis, continua tirando o sono de moradores da região. Isso porque o local está completamente esquecido, tomado pelo matagal e transformado em um verdadeiro depósito de sucata.

A situação preocupa, tanto em função de o espaço virar abrigo de andarilhos e usuários de drogas, como pela proliferação de animais peçonhentos e do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya.

 

 

————  CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————

————————————————————————————

 

 

O prédio foi desativado ainda no início de 2018, quando foi inaugurada a nova estrutura que abriga desde então a Politec no Município, no bairro Vila Goulart. A construção antiga, que fica localizada ao lado da 1ª Delegacia de Polícia (antigo Cisc), deixou de ser utilizada e o local foi esquecido, virando depósito de lixo e tomado por mato.

Em janeiro de 2020, por exemplo, bandidos entraram pelo prédio abandonado da Politec e conseguiram ter acesso à 1ª Delegacia, que foi furtada.

A reportagem do A TRIBUNA entrou em contato com a assessoria de imprensa da Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso, mas não obteve respostas até o fechamento desta edição sobre o que deverá ser feito no local e se uma limpeza será realizada.

A Prefeitura de Rondonópolis informou que poderia fazer uma praça no local, mas para que isso ocorra depende da transferência do terreno ao Município, já que a área e o prédio são de propriedade do Governo do Estado.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui