(*) Francisco Assis

Depois que você me trocou por outro
Ainda tem audácia de me visitar
Acha que estou me acabando aos poucos
E que ninguém vai me desejar.
Foi só a notícia correr
Que eu estava vivendo sozinho
Suas amigas vieram me ver
E tentar me levar para o barzinho.
Não paro de receber visitas
A câmera me avisa lá de fora
Sei que fiz muitas amizades bonitas
E o resultado estou vendo agora.
Tenho feito muitas reflexões
Do tempo que passei com ela
Teve pequenas brigas, discussões
Mas também teve partes valiosas e belas.
Estou me recuperando devagar
Preciso dum tempo para me recompor
Não é fácil para quem só soube amar
Agora, vive nesse dissabor.
Se ela voltar aqui novamente
E me ver com sua amiga no colo
Vai deduzir certamente
Que logo estarei feliz e decolo.
Espero que demonstre frieza
Provando a mim não sentir mais nada
Dos seus fetiches, suas fraquezas
De noites perdidas, dormindo separada.

(*) Francisco Assis Silva é poeta e militar – email: [email protected]

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui