Com o passageiro, foram encontradas três barras de ouro, que totalizaram 1.985 gramas (Foto – Divulgação)

O passageiro de um ônibus interestadual que fazia a linha Cuiabá x São Paulo foi preso pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), em Rondonópolis, transportando quase dois quilos de ouro irregular. Ele não possuía a nota fiscal do metal precioso e responderá por usurpação de bem ou matéria-prima da União, crime com pena prevista de detenção de um a cinco anos e pagamento de multa.

De acordo com informações da PRF, o ônibus foi parado por volta de 12h40 dessa quinta-feira (18) para uma inspeção de rotina, quando os policiais perceberam um passageiro muito nervoso.

 

 

————  CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————

————————————————————————————

 

 

Questionado pelos policiais, o passageiro, que disse ser proprietário de uma relojoaria em Marília (SP), confessou estar transportando barras de ouro em sua bagagem. Ele foi convidado a sair do ônibus e após buscas em sua mochila, foram encontradas três barras de ouro, que totalizaram 1.985 gramas.

Os policiais então solicitaram dele a nota fiscal exigida para o transporte do ouro, mas o passageiro informou que não tinha o documento, dizendo ainda que não era o dono do ouro e que a nota fiscal seria enviada via aplicativo pela pessoa que o teria contratado para transportar as barras.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui