Portão do Inferno, localizado em Chapada dos Guimarães: um dos mais belos cenários naturais de Mato Grosso (Foto – Rodolfo Perdigão/Secom-MT)

A Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco) aprovou a formalização do projeto de R$ 17,6 milhões para obra de implantação turística no Portão do Inferno, localizado na Chapada dos Guimarães, em Mato Grosso.

O empreendimento trará destaque e visibilidade para um dos mais belos cenários naturais do estado. O Complexo do Portão do Inferno prevê a construção de mais de mil m² de área construída, contendo estacionamento, lanchonete, praça e área de contemplação, além de uma passarela de vidro suspensa sobre um penhasco com mais de 70 metros de altura.

 

 

————  CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————————————————————————————————

 

 

Para o superintendente da Sudeco, Nelson Fraga, o apoio da autarquia neste projeto evidencia o interesse do governo federal em apoiar empreendimentos que venham promover o turismo regional e o fomento à economia local.

“A formalização deste convênio reflete nossa vontade em apoiar cada vez mais iniciativas inovadoras do setor do turismo, uma das vocações econômicas do Centro-Oeste”.

Segundo a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec-MT), com a execução do projeto, espera-se um aumento significativo do fluxo de turistas, bem como o aumento de satisfação, conforto e segurança do público.

Além disso, pretende-se ainda que ocorra a divulgação do Parque como modelo de operação reconhecido e referenciado. De acordo com o secretário da Sedec-MT, César Miranda, as obras devem ser finalizadas até dezembro de 2022.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui