(*) Jonas Abib

Todos nós precisamos de sabedoria. Não a humana, simplesmente, mas a sabedoria que é dom do Espírito Santo. Quantos erros, por exemplo, pais e mães cometem, justamente por não agir com a sabedoria do Espírito Santo. Eles têm muito amor, mas cometem erros enormes por falta de sabedoria.

Entre nós, irmãos, amigos, colegas, quantos erros cometemos por não termos a sabedoria do Espírito Santo. Precisamos dela, é a coisa mais preciosa, sem ela tudo se perde.
Iluminados pelo Espírito Santo, ao lermos e meditarmos a Palavra de Deus, encontramos nela todo o alimento e remédio de que precisamos. Precisamos ter como propósito “digeri-la” dia a dia. É preciso permitir que a Palavra penetre e transforme a vida da nossa sociedade, nosso palavreado, nossas atitudes, nossa cultura e tudo o mais.

O Evangelho nos mostra o valor e a necessidade da Palavra de Deus. E diz: “A Palavra de Deus é viva”. Ela não é um livro simplesmente, a Palavra é viva e eficaz. “Mais cortante do que qualquer espada de dois gumes.” Ela é tão penetrante que a carta aos Hebreus diz que ela é penetrante até dividir alma e espírito. “Penetra o mais íntimo de nós mesmos. Articulações e medulas. A Palavra de Deus julga os pensamentos e as intenções do coração. E não há criatura que possa ocultar-se diante dela”.

Não é apenas conhecimento, mas também vivência da Palavra de Deus, a partir da sabedoria do Espírito Santo. É preciso deixar que ela invada a nossa vida, não basta entendê-la superficialmente ou ter uma noção intelectual.
Preciso dar glória a Deus, porque tudo aquilo que sou, devo à Palavra de Deus!

(*) Monsenhor Jonas Abib, fundador da Comunidade Canção Nova, presidente da Fundação João Paulo II, mantenedora do Sistema Canção Nova de Comunicação, em Cachoeira Paulista (SP)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui