(Foto – Christiano Antonucci)

MAIS VACINAS I
O Governo do Estado informou que recebeu mais 102.340 doses de vacina contra a Covid-19 na sexta-feira (24). Duas remessas de vacina chegaram em Mato Grosso. Uma remessa foi entregue pela manhã e a outra no período da tarde no Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande.

MAIS VACINAS II
Desta vez, foram entregues ao Estado 41.500 doses do imunizante da Astrazeneca e mais 60.840 doses da vacina da Pfizer. O Estado ainda irá definir quantas doses serão encaminhadas para Rondonópolis e quando chegarão até a cidade.

ELEIÇÕES DA OAB/MT I
O Conselho Pleno da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB-MT) aprovou, em sessão extraordinária ocorrida nesta sexta-feira (24), o edital de convocação para realização das eleições da Ordem. O pleito para composição do novo Conselho Seccional da OAB/MT para o triênio 2022/2024, acontece no dia 26 de novembro, com votação em urnas eletrônicas, entre as 9h e 17 horas, em todo o Estado.

ELEIÇÕES DA OAB/MT II
Nas eleições também serão escolhidas as novas diretorias das Subseções da OAB/MT e da Caixa de Assistência dos Advogados de Mato Grosso (CAA-MT), bem como os Conselheiros da Seccional e os Conselheiros Federais e seus suplentes.

ELEIÇÕES OAB/MT III
Todos os advogados inscritos na OAB-MT, em regularidade com a instituição, ficam convocados para votação obrigatória. O eleitor pode votar somente no local em que for inscrito – subseção ou sede da seccional em que se encontra vinculado.

 

 

(Foto – Assessoria)

SECA HISTÓRICA I
É triste ver o Rio Vermelho na situação na qual se encontra atualmente, com seu nível mais baixo desde que as medições começaram a ser feitas ainda na década de 70. Nesta sexta-feira (24), a Defesa Civil de Rondonópolis informou que o nível do rio chegou a 1 metro. Para se ter uma ideia, a régua utilizada para medir o nível do Rio Vermelho vai até 1,20 metro. Somente com o apoio de topógrafos foi possível determinar o nível correto. Na situação que está, facilmente se pode atravessar o rio a pé e sem medo.

SECA HISTÓRICA II
A notícia boa é que mesmo com a atual situação do Rio Vermelho e a crise hídrica vivida, a cidade não corre risco de desabastecimento segundo a Defesa Civil, que porém, destacou a necessidade de se economizar água sempre e principalmente na atual condição. Não é porque hoje a população de Rondonópolis continua vendo a água sair das torneiras que num futuro próximo a situação não mude. Água não é recurso renovável e, se não houver conscientização, o que já está ruim ainda poderá piorar.

SE DETERIORANDO I
Sem que ainda nenhum prazo tenha sido estabelecido pela Prefeitura de Rondonópolis para o início do funcionamento da autarquia municipal do transporte coletivo, os 22 ônibus já adquiridos pelo Município, em março deste ano, continuam se desgastando ao sol, na poeira e na chuva. Já passou da hora da Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito (Setrat) atuar firme e resolver o problema.

SE DETERIORANDO II
Se o equívoco de comprar os ônibus antes da definição da criação da autarquia já foi feito, está na hora da Setrat arregaçar as mangas e por os ônibus para rodar. De dinheiro público desperdiçado a população já está no limite. E por aqui ninguém quer ver acontecer com os ônibus o que ocorreu com os vagões do VLT em Cuiabá.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui