Ministério da Saúde informou que somente o imunizante da Pfizer poderá ser usado na vacinação dos adolescentes (Foto – Fernando Frazão)

Depois da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) na última terça-feira (21) em dar competência aos estados e municípios para decidirem sobre a vacinação dos adolescentes sem comorbidades, o Ministério da Saúde voltou atrás e passou a recomendar a imunização desse público. Com a mudança, a Secretaria Municipal de Saúde de Rondonópolis quer iniciar a imunização dos adolescentes entre 12 e 17 anos já na próxima segunda-feira (27).

Segundo o chefe do Departamento de Saúde Coletiva do Município, Paulo Padim, a intenção é começar a vacinar os adolescentes sem comorbidade na segunda-feira, atendendo primeiro os de 17 anos. No entanto, a Saúde aguarda a chegada de mais doses da Pfizer no fim de semana para poder definir o início da vacinação.

Em Rondonópolis, os adolescentes entre 12 e 17 anos com comorbidades e deficiência permanente já foram imunizados e o Município somente não iniciou a vacinação dos sem comorbidades em função da suspensão da vacinação para essa faixa etária pelo Ministério da Saúde na semana passada.

 

 

———— CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————

————————————————————————————

 

 

Com a decisão do STF na última terça-feira, o secretário municipal de Saúde, Vinícius Amoroso, falou ao A TRIBUNA que a intenção do Município era começar a vacinar os adolescentes e somente aguardava a notificação para fazer. Com a mudança do Ministério da Saúde, não há mais empecilhos para que esta faixa etária seja imunizada.

A decisão de voltar a recomendar a vacinação dos adolescentes foi tomada pelo Ministério da Saúde, segundo a Pasta, após um comitê formado por representantes do próprio ministério e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) ter confirmado que a morte de uma jovem de 16 anos, em São Bernardo do Campo (SP), não está relacionada à vacina.

O MS informou ainda que somente o imunizante da Pfizer poderá ser usado na vacinação dos adolescentes, pois é o único que já conta com autorização da Anvisa para ser utilizado em quem tem de 12 a 17 anos.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui