Vereador Investigador Gerson: “fico lisonjeado com o convite porém, neste momento, não é viável” (Foto – Arquivo)

O vereador Investigador Gerson (MDB) declarou ontem (14), ao A TRIBUNA, que não vai aceitar o convite do prefeito Zé Carlos do Pátio (SD) para assumir o comando da Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito (Setrat). “Não vou assumir a pasta”, sentenciou.

“Recebi o convite para ser secretário de Trânsito no dia 19 de agosto. Durante todos estes dias, passei a conversar com Deus, para não fazer algo que desagradasse a vontade Dele, com minha família, amigos e eleitores que acreditaram e me confiaram o voto. Sendo conhecedor do grande problema que se encontra nosso trânsito, chegamos a mais de 194 mil veículos em Rondonópolis, além dessa quantidade de veículos, não temos transporte público de qualidade e as vias não têm trafegabilidade. Isso é evidenciado no dia a dia, ocasionando desgastes, stress, congestionamentos gigantes e vários acidentes com danos materiais, lesão e até mesmo ceifando vidas. Problemas que vêm acarretar gastos gigantescos dentro dos hospitais, contribuindo significativamente para o aumento das filas de espera por cirurgias ortopédicas”, ressaltou.

Ele explica que tem usado da experiência que adquiriu na função de investigador, junto à Delegacia Especializada de Delitos de Trânsito (Deletran) e enquanto vereador apresentou mais de 50 indicações, requerimentos e projetos de leis, voltados para melhorar a trafegabilidade.

 

 

————  CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————
————————————————————————————

 

 

“Entre eles, destacam-se as indicações que versam sobre instalação de novos semáforos, sincronização semafórica, abertura de pontes em vários locais: Av. Ponce de Arruda, Arnaldo Estevão, Péricles Pergo, Avenida Rui Barbosa, entre outras. Rotatórias na Av. Júlio Campos com W6, Av. dos Estudantes cruzamento com Rua Dom Pedro, Rua Rio Branco após o Residencial Zé Sobrinho. Indicação número 186 que versa sobre a Cidade do Trânsito, nº 190 e 263, solicitando estudo técnico para construção de trincheiras, passagem elevada ou viaduto na ponte Otaviano Muniz com Fernando Correa e na rotatória de ligação ao Sagrada Família e Anel Viário. Apresentei um projeto de protocolo nº 3441/2021, intitulado “Pé na Faixa, Pé no Freio”, sendo aprovado por maioria, o qual versa sobre a Resolução do CONTRAN 378, para que sejam construídas faixas elevadas na frente das escolas públicas e privadas e em locais de grande fluxo de pedestres, e todas essas medidas visam melhorar nosso trânsito”, pontua o vereador Investigador Gerson.

“Desta forma, agradeço a todos, prefeito José Carlos do Pátio, a executiva do MDB por indicar meu nome para ser secretário de Trânsito. Também a todos servidores da SETRAT que me receberam de forma carinhosa em reunião que fizemos, minha família, meu pastor Jorge, amigos e aos eleitores que de uma forma ou de outra deram sua opinião, sobre ir ou não para a Secretaria de Trânsito. Portanto, meus amigos, o nosso mandato de vereador devo exclusivamente a Deus, família, equipe e aos meus eleitores, afinal foram 1.056 votos que me foram confiados e podem ter certeza que vou continuar retribuindo com trabalho, deslocando aos bairros, conversando com os moradores, fiscalizando e investigando os gastos públicos e sua real aplicabilidade, sendo uma voz do povo no parlamento. Fico lisonjeado com o convite, porém neste momento, não é viável, mas me coloco à disposição do futuro secretário de Trânsito e de toda sua equipe. No que couber a esse vereador, podem contar comigo sempre. Muito obrigado, um grande abraço”, finalizou o emedebista.

3 COMENTÁRIOS

  1. Esse Zé dá umas caneladas de vez em quando!
    Ajuda aí Zé o nosso trânsito está uma caca!
    A otima ação de asfaltamento tem que ser finalizada com boa sinalização, senão o povo se arrebenta. É muito motorista doido por metro quadrado em nosso município!

  2. Parabéns vereador investigador Gerson pela decisão. Essa decisão mostrou pra todos os seu eleitores admiradores e população, para o que o senhor foi eleito: para ser ” o ” vereador e não mais um vereador.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui