Proposta de antecipar eleição da Mesa Diretora não vingou (Foto – Arquivo)

Não deu certo. O projeto que prevê a antecipação da eleição para a mesa diretora da Câmara Municipal para o biênio 2023/2024, após muita polêmica, foi arquivado na sessão de hoje da Casa. A proposta vinha em discussão desde julho deste ano.

O projeto original que pedia essa antecipação da eleição acabou sendo votado sem emendas. Hoje, o autor do projeto, o vereador Investigador Gerson, pediu para que o mesmo fosse deixado para entrar em votação na próxima semana, mas não houve voto suficiente.

Assim, o projeto que previa a antecipação da eleição entrou em votação hoje mesmo, tendo apenas 10 votos favoráveis. No entanto, eram necessários 14 votos favoráveis, demonstrando que o grupo de 14 vereadores que defendia a ideia inicialmente foi desarticulado.

Agora essa proposta só pode entrar em votação na Câmara Municipal novamente no próximo ano.

Confira os detalhes desse desfecho na edição impressa do A TRIBUNA de amanhã.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui