Wendell Girotto, presidente do PT local: “democracia teve avanço com o voto eletrônico” (Foto – Arquivo)

Para o presidente local do Partido dos Trabalhadores (PT), Wendell Girotto, a reivindicação pelo voto auditável é vista como a derrota do presidente Jair Bolsonaro, nas eleições presidenciais do próximo ano.

 

 

————  CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————————————————————————————————

 

 

“Bolsonaro, avistando a sua derrota em 2022, apresenta uma proposta de construir uma narrativa para polemizar a legitimidade da eleição. Isso é nítido demonstrado em todas as suas declarações. Ele está percebendo que será derrotado nas urnas em 2022 e tenta se antecipar. Propostas de voto impresso são antigas. Em 2015, a Câmara Federal aprovou uma proposta desta que acabou sendo derrubada por decisão do STF, que entendeu como ameaça ao sigilo do voto, que é uma garantia constitucional. No congresso tem parlamentares simpáticos à proposta, mas a maioria dos deputados vai se confirmando com uma visão contrária. No meu entendimento, essa é mais uma falácia de Bolsonaro. Todos que estão em sã consciência são favoráveis à transparência das urnas, porque elas são auditáveis”, disse Wendell Girotto.

“A democracia teve um avanço com o voto eletrônico e todos nós sabemos que na época do voto manual, existiam inúmeras fraudes e problemas. Só avançamos para o voto eletrônico por essas más experiências com problemas. O problema não está nas urnas, mas no medo de Jair Bolsonaro à disputa em 2022. Nesse caso do voto impresso, o que se vê é uma ligação com a Presidência da República. Essa é uma pauta do presidente, enquanto os partidos pleiteiam outras pautas, inclusive a do Distritão”, completou o petista.

6 COMENTÁRIOS

  1. Os petistas têm tanto medo de que a coisa se revolte e o líder deles volte pra cadeia, que continuam usando camisas com o “Lula livre”. Nós brasileiros, honestos e civilizados, estamos querendo algo simples: um comprovante, por escrito, de que o nosso voto. Uma garantia pra qualquer um de que não vão manipular o resultado da votação, seja pra quem for. Se isso já foi aprovado e quem aprovou foram os representantes eleitos pelo povo, quem derrubou foi o STF, que não representam a vontade do povo. É só por em prática. E está bem claro, que se continuar como está, qualquer um vai perder a eleição para quem não quer voto auditável.

  2. O comentário desse senhor Orlando Sabka não passa de uma verdadeira distorsão da realidade. Não há a necessidade de se ter afinidade a qualquer partido político, apenas ter a mínima para observar a realidade e aí já se chega a essa conclusão.

  3. Lula, sai na rua, dá um pulinho no nordeste, la na sua cidade. Faz uma motociata, carreata, passeata, sei lá, dá um sinal de vida! Você havia dito que o STF estava acovardado, agora quem parece ser covarde é você.

  4. O Brasil só vai ter sossego e deslanchar para o desenvolvimento depois que o PT seja extinto e seus líderes postos na cadeia, pois estão fazendo de tudo para derrubar o governo atual com mentiras, falcatruas e semeando a discórdia todos os dias. Eles querem apenas voltar ao poder e o povo que se dane.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui