João Anaides foi assassinado durante um roubo a um rancho em Juscimeira (Foto – Arquivo
)

A Ordem dos Advogados do Brasil de Mato Grosso (OAB/MT), subseção de Rondonópolis, cobrou urgência e máxima celeridade da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) na elaboração dos laudos e perícias sobre o assassinato do advogado João Anaides Cabral Neto, ocorrido no último dia 18 em um rancho em Juscimeira.

O advogado Bruno de Castro, que representa a OAB local no acompanhamento do caso, esteve reunido com a coordenação da Politec, que se comprometeu em empenhar todos os esforços para a conclusão dos laudos da morte do advogado.

 

 

————  CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————————————————————————————————

 

 

Ainda não foram divulgadas informações sobre suspeitos e até ontem (28), ninguém havia sido preso. A polícia trabalha com a hipótese principal de latrocínio, mas outras motivações ainda não foram descartadas.
João Anaides foi assassinado durante um roubo no município de Juscimeira.

O crime aconteceu no Rancho Eldorado, zona rural da cidade. Segundo a Polícia Militar, a ação foi praticada por um grupo composto por entre seis e sete suspeitos encapuzados e armados.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui