Desde quando o A TRIBUNA abraçou a luta pela criação da Universidade Federal de Rondonópolis (UFR), sempre estávamos pensando no fortalecimento de Rondonópolis como pólo educacional. Hoje a UFR felizmente é realidade, mas ainda estamos na espera de novos cursos.

É verdade que cada passo deve ser dado por vez. No momento, estamos ainda vivendo um momento de estruturação da UFR e isso exigiu grande esforço político, havendo recentemente a liberação de cargos e funções para as chamadas novíssimas universidades, como é o nosso caso.

São muitas ações ainda a serem desenvolvidas, mas ficamos esperançosos de que a ampliação de cursos de graduação, tão desejada pela população de Rondonópolis e região, que continua procurando outras cidades para conquistar um diploma universitário, possa avançar com celeridade a partir de agora na UFR.

Nesse sentido, vale dizer que os projetos pedagógicos para criação de novos cursos foram desenvolvidos, havendo a solicitação ao ministro da Educação das vagas de docentes necessárias. O prefeito José Carlos do Pátio também se comprometeu em ajudar na parte estrutural. Liberando as vagas docentes, os cursos serão inseridos já no próximo Sistema de Seleção Unificada (SiSU).

Conforme já noticiado pelo A TRIBUNA, pretende-se trazer, num primeiro momento, as graduações em Agronomia, Direito, Física, Odontologia e Medicina Veterinária. São cursos nobres que realmente contemplam as necessidades da nossa população e da nossa região, que certamente ajudarão a fomentar o desenvolvimento local.

Tomara que o Ministério da Educação possa fazer as liberações necessárias para esses novos cursos de graduação com celeridade, lembrando que a cidade de Rondonópolis só tem a ganhar com essa ampliação. São mais opções para nossa juventude, mais geração de emprego, suprimento de demandas de mercado, mais pesquisa e extensão em âmbito local e, principalmente, a transformação da nossa cidade num grande e importante pólo educacional.
Realmente, todos nós só temos a ganhar!!!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui