Régua de medição do nível do Rio Vermelho (Foto – Divulgação)

Este ano, a população de Rondonópolis, a exemplo de outras regiões do país, poderá enfrentar a pior seca das últimas duas décadas. O alerta foi feito ontem pelo coordenador da Defesa Civil do município, o ex-vereador João Mototáxi.

“Neste mês de julho, o nível do Rio Vermelho acusa apenas 1,30 m de água. No mesmo período do ano passado, estava com mais de dois metros e trinta. Isso já são sinais do que os especialistas preveem, ou seja, a pior seca dos últimos 20 anos, que poderá causar novamente até racionamento de energia elétrica”, afirmou João Mototáxi.

 

 

————  CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————————————————————————————————

 

 

De acordo com o coordenador da Defesa Civil, os reservatórios de hidrelétricas do Sudeste e do Centro-Oeste chegaram, ao fim de junho, com o armazenamento médio mais baixo para o mês desde 2001, ano em que o país enfrentou um racionamento de energia.

“Estas informações são do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS). O armazenamento médio nas duas regiões, ao fim de junho deste ano, era de 29%. Em 2001, na mesma época, o nível médio dos reservatórios era de 28,7%. A diferença é de apenas 0,3 ponto percentual. Além disso, o ONS já espera que julho se encerre com um nível de armazenamento para o Sudeste/Centro-Oeste pior que 2001”, externou João Mototáxi.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui