PRF teve conhecimento de que os envolvidos na situação tratavam-se de lideranças criminosas do estado do Amapá (Foto – Divulgação)

Uma equipe da PRF, durante fiscalização de combate ao crime, no km 211 da BR 364, município de Rondonópolis, anteontem (25), por volta das 16 horas, prendeu três pessoas com mandado de prisão em aberto, durante uma abordagem a uma caminhonete Hilux de cor preta, ocupada por quatro indivíduos.

Foi solicitada a documentação de todas as pessoas do veículo, sendo apresentadas duas CNHs e duas carteiras de identidade. Durante checagem aos sistemas, a equipe observou que ambos RGs apresentados continham indícios de falsificação, sendo realizada uma busca mais detalhas nesses dois indivíduos.

 

 

————  CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————————————————————————————————

 

 

Em conversa com um deles, o mesmo relatou que era foragido da justiça, e disse seu verdadeiro nome, tendo apresentado o RG falso porque foi avisado por sua advogada de que havia um mandado de prisão em aberto em seu nome.

Após novas pesquisas nos sistemas e fontes policiais, o verdadeiro nome do indivíduo foi confirmado com mandado de prisão pendente de cumprimento. Já o outro homem que apresentou documento falso, também possuía mandado de prisão em aberto com validade até 16 de abril de 2033.

Os policiais ainda conseguiram descobrir, posteriormente, que um terceiro homem, dos que estavam dentro da caminhonete, embora não apresentar documentos falsos, também tinha um mandado de prisão em seu desfavor.
O último integrante do veículo, apesar de expor histórias conflitantes sobre o motivo da viagem, alegou não saber que os outros três indivíduos eram foragidos da justiça. Ele não tinha nenhuma pendência com a lei e não estava na flagrância de crime.

Antes do final da ocorrência, após contato com a Polícia Federal e Polícia Civil do estado do Amapá, a equipe da PRF teve conhecimento de que os envolvidos na situação tratavam-se de lideranças criminosas do estado do Amapá, e que eram intensamente procurados pela polícia daquela região.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui