Representantes de Mato Grosso, incluindo a reitora da UFR, Analy Polizel, com o ministro da Educação, Milton Ribeiro (Foto – Divulgação)

A reitora da Universidade Federal de Rondonópolis (UFR), professora Analy Castilho Polizel de Souza, esteve em Brasília na semana passada e cumpriu extensa agenda com o objetivo de apresentar projetos de expansão e captação de recursos para a instituição, juntamente com o senador Wellington Fagundes. Uma das demandas levadas ao ministro da Educação, Milton Ribeiro, foi a proposta de novos cursos de graduação para a UFR.

Uma vez que o município de Rondonópolis tem se consolidado como um importante polo de desenvolvimento regional em Mato Grosso, congregando cerca de 22 municípios em seu entorno, o alcance e a relevância da UFR demandam a criação de novos cursos que contemplem as necessidades da região Centro-oeste brasileira, em especial do sul de Mato Grosso, fortalecendo, assim, o desenvolvimento local.

 

 

———  CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————
————————————————————————————

 

 

As propostas de cursos apresentadas foram as graduações em Agronomia, Direito, Física, Odontologia e Medicina Veterinária. A reitora explicou que o projeto de expansão tem como objetivo atender a demanda social, econômica e cultural das populações regionais que buscam um ensino de qualidade por meio de Instituição Públicas.

“A criação destes cursos representa um ousado passo na democratização do Ensino Superior e certamente fortalece não somente a UFR como instituição de referência, mas também propicia a formação de cidadãos éticos e atuantes na construção de um Brasil mais forte e valoroso”, defendeu a reitora.

Na sequência, foram realizados outros compromissos na capital federal, sendo que um deles foi com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, com quem foi tratada novamente a construção do Hospital Universitário da UFR, que atenderá em especial os Cursos de Medicina e Enfermagem.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui