Cidade de Primavera do Leste comemora possibilidade de receber ramal da ferrovia estadual (Foto – Divulgação)

A primeira ferrovia estadual em Mato Grosso deve passar por Primavera do Leste e, assim, ajudar a aumentar a capacidade de escoamento da produção agrícola da região. Conforme antecipado pelo A TRIBUNA, o edital para o chamamento público foi lançado nesta semana pelo Governo do Estado durante uma cerimônia em Cuiabá. O prefeito de Primavera, Leonardo Bortolin, esteve presente no evento que marca o processo visando a construção da ferrovia.

De acordo com Bortolin, o terminal intermodal é uma das obras mais importantes para fomentar o desenvolvimento econômico da região de Primavera do Leste composta por 11 cidades em seu entorno, além de aumentar ainda mais competitividade do estado.

O prefeito de Primavera do Leste também destacou que o investimento em novas ferrovias é necessário para oferecer estrutura logística e fazer com que a região se torne ainda mais atrativa para a instalação de novas indústrias. “A capacidade de escoamento não é importante apenas para o escoamento das riquezas da produção agrícola, mas, principalmente, para a indústria da transformação que está em constante expansão em nosso estado, assim também como as grandes redes de lojas que são ancoras do comércio”, ressalta Léo Bortolin.

O projeto histórico para o estado fará a interligação Cuiabá a Rondonópolis, bem como Rondonópolis com Nova Mutum e Lucas do Rio Verde, além de se conectar com a malha ferroviária nacional, além do trecho que irá passar por Primavera do Leste e Campo Verde.

O investimento de R$ 12 bilhões que vai ajudar a desafogar as rodovias e gerar mais de 235 mil empregos com a instalação de novas indústrias no estado. Os custos logísticos dos produtores também devem cair, uma vez que o frete ferroviário reduziu mais de 35% nos últimos cinco anos.

Leia o noticiário completo na edição impressa do Jornal A TRIBUNA desta sexta-feira (23/7). Assinaturas pelo telefone 3410-3533.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui