MT NOS TRILHOS
Em live o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, teceu comentários elogiosos ao governador de Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM). Freitas destacou a importância das iniciativas de Mato Grosso frente às dificuldades que o Governo Federal tem enfrentado para destravar legislações federais. Para o ministro, a ferrovia estadual lançada por Mauro Mendes é bem-vinda e aumenta área de influência do modal. Os trilhos lançados vão interligar Cuiabá a Rondonópolis, bem como Rondonópolis com Nova Mutum e Lucas do Rio Verde, além de se conectar com a malha ferroviária nacional. “Não vejo ali nenhum tipo de desconexão com a política nacional ferroviária”, defendeu o ministro.

 

ARAS CONTINUA NA PGR
O presidente Jair Bolsonaro indicou o atual procurador-geral da República, Augusto Aras, para um novo mandato de dois anos no cargo – o atual vai até setembro. “Encaminhei ao Senado Federal mensagem na qual proponho a recondução ao cargo de Procurador-Geral da República o Sr. Antônio Augusto Aras”, publicou o presidente da República. A indicação do procurador-geral da República é prerrogativa do presidente. Cabe ao Senado sabatinar o indicado e, em seguida, aprovar ou rejeitar a nomeação. A sabatina acontece na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), e a votação, secreta, no plenário do Senado. Para poder ser reconduzido ao cargo, Aras precisa de pelo menos 41 votos favoráveis.

 

LULA NA MIRA
Nas críticas do presidente Jair Bolsonaro sobrou até para o ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva. Bolsonaro ironizou pesquisa que mostra o petista em vantagem nas eleições de 2022 e afirmou que o mesmo “não consegue ir num botequim tomar uma cachaça, que é o que ele sabe fazer, sem ser vaiado. Não consegue fazer uma jegueata na vida”. Bolsonaro ainda questionou se a população esqueceu do que aconteceu, se referindo a denúncias de corrupção contra Lula e seu governo. Ele também criticou Fernando Haddad enquanto ministro da Educação e o educador Paulo Freire, caracterizando sua política educacional como ideologia de gênero.

 

TERCEIRA VIA
Sobre a possibilidade de uma terceira via nas eleições de 2022, Bolsonaro afirmou que “não existe” e destacou a polarização entre ele e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Segundo Bolsonaro, os candidatos que despontam como possíveis opções para a terceira via não conseguirão atrair a população. “Tem uma passagem bíblica que diz seja quente ou seja frio, não seja morno. Então terceira via, povo não engole isso aí. Não vai dar certo. Não vai agregar, não vai atrair a simpatia da população. Não existe terceira via, está polarizado”, alegou.

 

NAS MÃOS DO STF
O ministro Kassio Nunes Marques, do Supremo Tribunal Federal (STF), será o relator do mandado de segurança protocolado na Corte por parlamentares contra o aumento do Fundo Especial de Financiamento de Campanhas, aprovado, na semana passada, no projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2022. O “fundão eleitoral” eleva de R$ 1,8 bilhão para R$ 5,7 bilhões os recursos públicos usados no financiamento de campanhas eleitorais. O objetivo do mandado de segurança, com pedido de liminar, é tornar sem efeito a decisão do Congresso.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here