Mato Grosso cultivou nesta safra 942,3 mil hectares com algodão (Foto – Divulgação)

A safra 2020/21 de algodão em Mato Grosso completa um mês de colheita com 12,09% de área colhida. Houve um avanço semanal de 6,73 p.p., considerando que na semana anterior eram apenas 5,38% de área colhida.

A informação é do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), que mostra ainda que, no mesmo período de 2020, os produtores de algodão do estado já haviam colhido um total de 14,5% da área, havendo, portanto, um atraso de 2,41 p.p. em relação à safra passada.

As regiões de Mato Grosso mais adiantadas no processo de colheita da pluma, segundo o Imea, são a nordeste, com 67,15%, e a sudeste, polarizada por Rondonópolis, com 17,02%. As regiões mais atrasadas na colheita da pluma no estado são a centro-sul, com 3,5%, e a noroeste, com 6,36%.

Apesar dos altos rendimentos da colheita até aqui, o Imea sinaliza que a falta de chuva e a baixa umidade do solo em períodos importantes para o desenvolvimento das plantas, prejudicaram as lavouras mais tardias em algumas regiões do estado, o que tende a refletir no resultado final da safra.

Mato Grosso cultivou nesta safra 942,3 mil hectares com algodão, o que representa uma diminuição de 16,76% em relação à safra anterior.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here