Argentina iniciou a sua caminhada na Copa América ontem com um empate em 1 a 1 com o Chile – (Foto: Sérgio Moraes/Reuters/Agência Brasil)

O Ministério da Saúde confirmou ontem (14) o registro de 41 casos positivos do novo coronavírus (covid-19) de pessoas envolvidas com a Copa América no domingo (13), dia do início da competição. Os casos referem-se a 31 jogadores e membros de delegações e a 10 de prestadores de serviços contratados para o evento.

“Todos os casos de prestadores de serviços foram confirmados em Brasília [DF]. A positividade de casos por covid-19 foi de 1,40%. Os resultados do sequenciamento genético para análise de variantes serão concluídos em até 14 dias, prazo necessário para realização da análise”, disse a pasta em nota.

Em entrevista na porta do Ministério da Saúde, o ministro Marcelo Queiroga disse que os 10 prestadores de serviço identificados eram trabalhadores de hotéis onde atletas e comissões técnicas que disputam o torneio estão hospedados. Os profissionais e pessoas que tiveram contato com eles foram isolados, acrescentou Queiroga.

No comunicado, o Ministério da Saúde também informou que, até o momento, foram realizados 2.927 testes de tipo RT-PCR em jogadores, membros de delegações e prestadores de serviços.

BRASIL – Estreia tranquila e com o pé direito do Brasil na Copa América 2021. Anteontem (13), a Seleção Canarinho encarou a Venezuela na Arena Mané Garrincha, ditou o ritmo da partida do início ao fim e venceu por 3 a 0, com gols de Marquinhos, Neymar e Gabi. O resultado coloca o Brasil na liderança no Grupo B, com três pontos. Os comandados do técnico Tite voltam a campo pela Copa América na quinta-feira (17), contra o Peru, no Nilton Santos.

 

Jogos de ontem (14/6)
Copa América
Argentina 1 x 1 Chile
Paraguai 3 x 1 Bolívia

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here