Bicampeão brasileiro pelo Flu, atacante pode estrear contra o Cuiabá e projeta campanha ainda melhor do que a de 2020 (Foto – )

Falar de Fred no Fluminense é falar de Brasileirão. Foi muito pelo que fez no campeonato nacional que o camisa 9 construiu sua idolatria no Tricolor. E se engana quem acha que o atacante, com dois títulos no currículo (em 2010 e 2012), está saciado. Antes de estrear na edição 2021 da competição, sua décima pelo clube, o capitão do Time de Guerreiros disse que o objetivo é conseguir fazer uma campanha ainda melhor do que a da temporada passada. Para ele, o Fluminense tem totais condições de sonhar alto.

Após ficar de fora da primeira rodada, no empate em 0 a 0 com o São Paulo no Morumbi, no último sábado, Fred está à disposição do técnico Roger Machado para estrear no campeonato neste domingo, às 10h, diante do Cuiabá, em São Januário. E não escondeu a ansiedade em disputar mais uma vez uma competição tão importante pelo Fluminense.

“Todo Brasileiro é especial, porque é uma das competições mais difíceis de se disputar. E é uma competição em que me sinto completamente em casa, pelo histórico de gols e os títulos que conquistamos aqui no Fluminense. Mas a gente sabe também da responsabilidade que é, e por isso temos que encarar todo jogo como uma final. São mais 37 e vamos com a mesma seriedade pra essa partida contra o Cuiabá”, declarou o camisa 9.

Aos 37 anos, Fred é um dos destaques da temporada do Fluminense, com 11 gols em 14 partidas. As atuações e os gols não ficaram comprometidos pela maratona de jogos que o time vem encarando. O artilheiro rasgou elogios à preparação física do Tricolor, à montagem do elenco para este ano e disse que o time está pronto para os desafios e que sabe virar a chave entre Brasileiro, Libertadores e Copa do Brasil quando preciso.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here