Prefeitura já recebeu 22 veículos para operar o transporte coletivo, que estão estacionados ao relento (Foto – Divulgação)

A Prefeitura vai licitar a compra de mais 26 ônibus para a autarquia do transporte coletivo que ainda deverá ser criada. “Acredito que esta autarquia não será criada este ano, pois a Prefeitura já está com tudo pronto para renovar por mais seis meses o contrato precário com a empresa Cidade de Pedra”, explicou o vereador Adonias Fernandes (MDB).

 

 

————  CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————————————————————————————————

 

 

Conforme apurado pela reportagem, a compra dos novos 26 veículos está embutida no valor do empréstimo, via Banco do Brasil, no valor de R$ 55 milhões, que também prevê a compra de maquinários, instalação de semáforos e de iluminação de led em vários pontos da cidade. Na sessão ordinária da Câmara Municipal, realizada no último dia (2/6), conforme adiantado pelo A TRIBUNA, os vereadores autorizaram o empréstimo votando a favor de um projeto autorizativo que entrou na pauta em regime de urgência.

Atualmente a Prefeitura já recebeu 22 veículos para operar o transporte coletivo, no entanto, os veículos estão estacionados ao relento na garagem da empresa Cidade de Pedra. “A meta da Prefeitura é comprar 70 ônibus para operar o serviço na cidade”, externou o vereador Adonias.
Atualmente, cogita-se que os 22 ônibus que a Prefeitura de Rondonópolis comprou para a autarquia municipal do transporte coletivo poderão entrar em operação sob a gestão da empresa Cidade de Pedra. Essa ideia já foi apresentada à Prefeitura como forma dos veículos não ficarem parados até a criação da autarquia.

Conforme informado pelo A TRIBUNA, é bem provável que a Prefeitura está impedida de criar neste ano de 2021 a prometida autarquia do transporte coletivo, em função da Lei Complementar número 173, de 27 de maio de 2020, que estabeleceu o Programa Federativo de Enfrentamento ao Coronavírus SARS-CoV-2 (Covid-19). Advogados repassaram essa informação à nossa reportagem.

E levando em conta que a Prefeitura vai renovar por mais seis meses com a Cidade de Pedra, justamente até a data em que termina o prazo dos impedimentos do Programa Federativo, essa informação quanto aos impedimentos vem a se confirmar.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here