Jailton Dantas: “Estaria voltando à vida pública, começando pela equipe de assessores do deputado Claudinei…”

1 – SENHORES E SENHORAS,
nesta semana que passou o deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) anunciou que formalizou, na última terça-feira (12), uma parceria com o ex-vereador de Rondonópolis Jailton de Lucena Dantas, conhecido por Jailton Pesque Pague – para somar aos trabalhos com a sua assessoria de base nestes últimos dois anos restantes deste seu mandato na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT).

De acordo com o deputado, Jailton do Pesque Pague fez um excelente trabalho para atender a população rondonopolitana, como vereador, por isso foi convidado para fazer parte da sua equipe externa, em Rondonópolis e região. Mas agora o que o Colunista salienta é que o ex-vereador antes de terminar o mandato, declarou que não participaria mais diretamente na política, sendo que seu sonho seria integrar o Observatório Social de Rondonópolis (OSR).

Será o que fez Jailton Dantas mudar de ideia e se filiar no PSL do deputado Claudinei? Será que ele volta a disputar cargo público? O Jailton realmente fez um grande trabalho como vereador, e bem que poderia voltar a atuar na área política, que tanto precisa de pessoas bem intencionadas e dispostas a trabalhar pela população. Entendemos que foi uma grande conquista do deputado para seu quadro de assessores.

Vereador doutor José Felipe: “Poderá disputar uma cadeira na Assembleia Legislativa fazendo dobradinha com o deputado federal Medeiros…”

2 – AQUI NA COLUNA
já anunciamos que para as eleições do ano que vem, ao que tudo indica terão muitos rondonopolitanos na disputa eleitoral, seja para deputados federais, estaduais e até mesmo para o Senado. De tantos nomes que já citamos por aqui, eis que agora surgiu mais um para complementar o cenário que vem se desenhando.

Trata-se do vereador Dr. José Felipe (Podemos), que tem excelente trânsito na saúde e é muito respeitado pela categoria. Ele deverá disputar o pleito como uma opção da direita bolsonarista, onde é visto com bons olhos pelo deputado federal José Medeiros (Podemos), com quem poderá fazer uma “dobradinha” na próximo pleito eleitoral em busca de uma vaga de deputado estadual.

O médico José Felipe nas eleições municipais ficou entre os sete mais votados e vem correspondendo a expressiva votação que deve, com muito trabalho na Câmara Municipal. E pelo que o Colunista foi informado, o deputado José Medeiros em breve deverá anunciar recursos para Rondonópolis principalmente na área da saúde e seu porta-voz político será o vereador José Felipe. Ao que tudo indica, esta “dobradinha” deverá existir mesmo.

Conforme já citamos, outros nomes como da vereadora Kalynka Meirelles (PRB), Roni Magnani (SD), Investigador Gerson (MDB) e o subtenente Guinancio (PSDB), também estão se articulando para disputar uma vaga na AL. Além destes vereadores, ainda temos o Cláudio Paisagista (DC) e o Luizão (PRB), que disputaram a Prefeitura no último pleito e devem vir para a disputa do ano que vem. Quanto ao Thiago Muniz, outro que disputou as eleições para prefeito, ele tem declarado que fica de fora do processo eleitoral de 2022, não pleiteando nenhum cargo.

3 – O EVENTO
para a demonstração do programa de tecnologia 5G Standalone e os seus impactos na produção agrícola do país, ocorrido na última quinta-feira (11), com a presença da ministra Tereza Cristina e do ministro Fábio Farias, Agricultura e Comunicações, respectivamente, na fazenda modelo da Associação Mato-grossense dos Produtores de Algodão de Mato Grosso (Ampa/MT) e Instituto Mato-grossense do Algodão (Ima), não contou com a presença de todos os vereadores.

No entanto, em nossa avaliação, mesmo Magnani ter representado a Câmara, de certa forma os demais 20 vereadores devem ter ficado ressentidos pela não participação no evento, que também foi um marco político na cidade e Estado. Além dos ministros, o evento contou com a participação de senadores, deputados federais e lideranças do segmento do agronegócio mato-grossense.

4 – DEPOIS
de quase três anos da posse de Mauro Mendes (DEM), o ex-governador Blairo Maggi (PP) o visitou nessa semana, no Palácio Paiaguás e fez questão dele mesmo registrar nas redes sociais. O ex-governador afirmou que ficou muito feliz com os números do atual Governo apresentados por Mauro Mendes, que iniciou o Governo em 2019 com restos a pagar na ordem de R$ 3,57 bilhões, caixa mais que zerado! Hoje, todos as contas estão pagas, sem nenhum atraso e com mais de R$ 3 bilhões em caixa!, salientou o ex-governador.

Agora o que nos desperta a curiosidade no âmbito político, é o porque dessa “rasgação” de elogios. Será que o ex-governador estaria ensaiando para voltar à política e quem sabe já na disputa do ano que vem? Pelo óbvio, uma visita destas com tanta publicidade não seria a toa. Logo é de se imaginar que para o próximo pleito muitas surpresas virão.

4 – FATOS ATUAIS
sustentam a hipótese que já relatamos aqui na Coluna, do deputado federal José Medeiros (pode) realmente contar com o apoio do presidente Bolsonaro no seu projeto para o próximo ano. Tal fato pode se confirmar após o episódio em que a coronel Fernanda (Patriota), candidata derrotada ao Senado na eleição suplementar de 2020, ter passado momentos constrangedores no “cercadinho” montado em frente ao Palácio da Alvorada, onde o presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido) costuma atender seus apoiadores.

Acompanhada pelo ex-deputado federal Victório Galli (Patriota), a oficial da PM solicitou uma audiência e ouviu como resposta que não seria atendida. Bolsonaro teria dito a ela “deputada federal ou estadual?”. Mas quando a Coronel Fernanda responde “federal”, ele se esquiva da responsabilidade sobre a candidatura: “Quem manda no partido lá (Mato Grosso) é o Galli, o Galli é meu irmão”, disse ao se recusar a gravar vídeos e tirar fotos alegando falta de tempo. Quem sabe se ela tivesse escolhido a candidatura a estadual, teria ganho o apoio do presidente.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here