Com isso, atendimento presencial nos órgãos e serviços públicos municipais continua suspenso em Rondonópolis

 

A Prefeitura de Rondonópolis informou ontem (12) que não irá convocar o Comitê de Gestão de Crise do Coronavírus do Município nesta semana e está, portanto, descartada a elaboração de novo decreto municipal com alterações nas restrições atualmente em vigor. A decisão teria sido tomada para garantir que os casos de Covid-19 se mantenham em queda na cidade e mais flexibilizações somente sejam adotadas com maior segurança.

Havia expectativa de que o Comitê fosse convocado para uma reunião depois que o Governo do Estado emitiu na terça-feira (11) nova classificação de risco para Rondonópolis. Os dados são atualizados e divulgados uma vez por semana, sempre às terças-feiras, e, na última atualização, Rondonópolis conseguiu reduzir a classificação de “alto” a “moderado”. Com a alteração, seria possível que o Município adotasse algumas flexibilizações. A probabilidade agora é que uma nova reunião do Comitê somente seja convocada após a divulgação da classificação de risco na próxima semana.

 

 

————  CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————
————————————————————————————

 

 

Com isso, permanece em validade as restrições constantes no Decreto Municipal 10.030, de 22 de abril de 2021, que determina o fechamento das atividades às 22 horas e mantém toque de recolher das 23 horas às 5 horas. Conforme as determinações ainda em vigor, restaurantes, lanchonetes, trailer de lanches, cafés, pizzarias, e congêneres poderão funcionar de segunda a sábado das 5 horas às 22 horas, e aos domingos e feriados no período compreendido entre as 5 horas e 15 horas, respeitando capacidade máxima do local em 30%. Fica autorizado ainda, a modalidade de drive thru e retirada até as 22h45m, e a modalidade delivery até as 23h59m, de segunda a domingo.

O consumo de bebidas alcoólicas nos locais de venda está restrito àqueles sentados à mesa do respectivo estabelecimento, respeitados os limites de horário e a capacidade de 30% da lotação máxima permitidos para seu funcionamento. Há ainda restrições com relação à realização de eventos. Segundo decreto, que os eventos sociais, corporativos, empresariais, técnicos e científicos, igrejas, templos e congêneres, cinemas, museus e a prática de esportes coletivos são permitidos desde que respeitado o limite de 30% a capacidade máxima do local.

A realização de eventos, contudo, precisa seguir os horários determinados em decreto, ou seja, são permitidos das 5 horas às 22 horas. Apesar da liberação para a realização de eventos, o decreto municipal manteve proibida a utilização de som, ao vivo ou mecânico, em qualquer estabelecimento da cidade.

Já, entre as proibições está a abertura de espaços públicos de esporte e lazer como Cais, Parque das Águas, praças e Horto Florestal. O decreto também manteve suspenso o atendimento ao público nos órgãos públicos municipais que não sejam essenciais.
Demais atividades são liberadas das 5 horas às 22 horas de segunda-feira a sábado e, aos domingos e feriados das 5 horas até 12 horas, observando as normas sanitárias.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here