Sindicatos Rurais buscaram a ajuda da Polícia Militar para estabelecer projeto para coibir os crimes nas fazendas (Foto – Divulgação)

Os Sindicatos Rurais de Primavera do Leste, Poxoreu, Gaúcha do Norte, Santo Antônio do Leste, Paranatinga e Campo Verde participaram de uma reunião nesta semana com o comandante do 11º Comando Regional da Polícia Militar de Primavera do Leste, coronel Fábio Luiz Bastos, para discutir sobre o projeto de Patrulhamento Rural. O encontro foi intermediado pelo superintendente do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-MT), Francisco Olavo Pugliesi de Castro, conhecido como Chico da Paulicéia.

O projeto está sendo implantado em Mato Grosso pela Polícia Militar junto com os produtores rurais e começou com um piloto no Sindicato Rural de Rondonópolis, apoiado pela Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), para coibir os crimes nas fazendas. O objetivo do “Patrulhamento Rural” é reduzir os índices de roubos e furtos nas áreas rurais do estado.

Em Primavera do Leste, o projeto já está em funcionamento desde fevereiro deste ano e deve expandir para os demais municípios da região. A PM pretende desenvolver ações de cooperação tática e operacional com o objetivo de assegurar mais segurança aos produtores rurais.
Segundo o coronel Bastos, com a atuação integrada entre a polícia e os sindicatos rurais, o comando vai reforçar as atividades que já são praticadas pela polícia com suporte de informações e colaboração dos próprios produtores rurais.

Participaram da reunião os presidentes Marcos Bravin (Primavera do Leste), Alexandre Schenkel (Campo Verde), Eduardo Minoro (Paranatinga), Josenei Zemolin (Gaúcha do Norte), José Violo (Poxoreu) e o vice-presidente de Santo Antônio do Leste, Marcos Brunetta.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here