Edicarlos Olegini alegou motivos pessoais para deixar a presidência (Foto – Arquivo)

O então presidente do União Esporte Clube, Edicarlos Olegini, comunicou seu pedido de desligamento da função dentro da agremiação nesta sexta-feira (7). “Por motivos pessoais e profunda dor no coração, encaminho meu pedido de desligamento da função de presidente ao Conselho Deliberativo do Clube”, externou.

Edicarlos fez uma boa avaliação do período em que esteve à frente do União. “A nossa gestão deixa um legado importante na evolução do clube. Tanto fora como dentro de campo. Além das disputas de Copa do Brasil e Série D, conquistamos em 2017 o segundo maior título da história do clube a Copa FMF. Criamos uma marca própria e também um novo mascote. Desejo sorte para quem for comandar esse grande clube do futebol mato-grossense”.

“Agradeço e parabenizo a todos que se mantiveram ativos e fiéis, que somarem-se a nossa gestão, que levou o clube ao cenário nacional para disputas de competições importantes”, acrescentou.

No Estadual 2021, o Colorado foi eliminado pelo Ação nas quartas de final. Na Copa do Brasil, a equipe caiu na primeira fase, com derrota para o Coritiba, no Luthero Lopes.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui