Mãe é a melhor companheira
Nossa grande majestade
Só ela sabe explicar
O que é amor de verdade

Você que ainda tem a sua
Trate-a como uma rainha
Esse privilégio é seu
Pois eu nem conheci a minha

Portanto não a maltrate
E nem a faça ingratidão
Ela exerce qualquer serviço
Pra que nunca lhe falte o pão

Mãe que nasce para ser mãe
É forte como ferradura
Ela só deixa o seu filho
Quando for pra sepultura

E às vezes com tristeza
Suporta toda amargura
Quando não aguenta mais
Clama a Deus nas alturas

A mãe que ama o seu filho
Nada precisa pedir
Terás no futuro o retorno
Enquanto ele existir

Hoje é o seu dia, mamãe!
E eu não posso lhe abraçar
A minha esperança é que um dia
No céu eu possa lhe encontrar

Parabéns para todas as mamães!

 

(*) Cleunice Lopes Siqueira é aposentada e moradora no Distrito de Boa Vista.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here