Nos primeiros quatro meses de 2021, Rondonópolis exportou um total de U$ 789,17 milhões, crescimento de 30,6% – (Foto – Leandro Luciano)

Em meio a pandemia de coronavírus, Rondonópolis sobe novamente no ranking dos maiores exportadores do país e fecha o primeiro quadrimestre de 2021 como o 14º maior exportador do Brasil, representando 1% do total exportado entre janeiro e abril pelo país.

Em Mato Grosso, a cidade se mantém como maior exportador e representa 11,1% das exportações do Estado. Em quatro meses, Rondonópolis registrou superavit de U$ 540,89 milhões na balança comercial. Os dados são do Ministério da Economia e divulgados mensalmente.

 

 

————  CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————
————————————————————————————

 

 

Nos primeiros quatro meses de 2021, Rondonópolis exportou um total de U$ 789,17 milhões, crescimento de 30,6% no total exportado com relação ao mesmo período de 2020.

Os resultados são ainda melhores que aqueles alcançados em 2020, quando o Município fechou o ano como maior exportador de Mato Grosso e na 20º colocação no ranking brasileiro de exportação, registrando superavit anual de U$ 1,058 bilhão. Nos quatro primeiros meses deste ano, a cidade se firma como maior exportadora do Estado e sobe mais sete posições no ranking nacional.

Em abril, Rondonópolis registrou um incremento de U$ 48,22 milhões nas exportações com relação à abril de 2020, crescimento de 28,8% no total exportado no mês. Em março, o aumento havia sido ainda maior. Foram U$ 100 milhões a mais nas exportações com relação a março de 2020, aumento de 54,9%.

Em janeiro, a cidade já havia registrado aumento de 52,2% nas exportações e em fevereiro houve uma leve variação negativa de 8,7%.

Entre os importadores, a cidade terminou o primeiro quadrimestre de 2021 como maior importador de Mato Grosso e 58º lugar no ranking nacional. No total, Rondonópolis importou, nos quatro primeiros meses do ano, U$ 248,29 milhões, o que representa 0,4% das importações brasileiras e 38,9% do total das importações de Mato Grosso – crescimento de 8,5% com relação ao mesmo período de 2020.

Neste primeiro quadrimestre de 2021, o maior comprador dos produtos exportados por Rondonópolis foi a China, que comprou um total de U$ 268 milhões, o que representa 34% do total exportado pelo município no período.

Na sequência vem a Indonésia, que comprou um total de U$ 169 milhões, o que representou 21,4% do total das exportações da cidade.

O principal produto exportado por Rondonópolis no período foi a torta e outros resíduos sólidos da extração do óleo de soja, que representou 49% das exportações. Depois, vem a soja triturada, que representou 30% dos produtos exportados.

O algodão não cardado é o terceiro produto mais exportado pelo município, com 12%, seguido do óleo de soja (3,9%) e da carne bovina congelada (3,4%).

Já, nas importações, a Rússia aparece como o país que mais vendeu produtos para Rondonópolis, representando 22,7% do total importado, o que equivale a U$ 56,3 milhões. Em seguida vem o Canadá, que vendeu U$ 33,4 milhões em produtos ao Município, o que representa 13,5% do total importado.

Os adubos (fertilizantes) são os principais produtos importados por Rondonópolis. Em primeiro estão os potássicos, que representam 37% do total importado, seguido dos azotados (36%).

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here