A Secretaria de Estado de Saúde (SES) divulgou ontem (4) a atualização da classificação de risco para o coronavírus dos municípios de Mato Grosso. Rondonópolis permanece com “alto” risco conforme a SES, mesma classificação de duas semanas atrás. Junto com Rondonópolis, com classificação de risco “alto” estão mais 131 cidades do Estado.
De acordo com a SES, ainda há 10 municípios classificados com risco “muito alto” e nenhuma cidade está classificada como risco moderado ou baixo.

 

 

————  CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————
————————————————————————————

 

 

Os 10 municípios com risco “muito alto” são Araguainha, Canarana, Figueirópolis D’Oeste, Juína, Poconé, Reserva do Cabaçal, Santo Afonso, São Félix do Araguaia, São José do Povo e Tangará da Serra.

A SES explica que o cálculo para a classificação de risco leva em consideração a média móvel dos casos nos últimos 14 dias, bem como a ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTIs) nos municípios. As classificações são atualizadas e divulgadas pelo Estado uma vez por semana, sempre às terças-feiras.

Medidas a serem adotadas com a classificação de “alto” risco

Os municípios que estiverem classificados com risco “alto” devem manter proibidas qualquer atividade de lazer ou evento que cause aglomeração.

Devem continuar proibidos ainda o atendimento presencial em órgãos públicos e concessionárias de serviços públicos, devendo ser disponibilizado canais de atendimento ao público não-presenciais.

Nesta classificação, o Estado estabelece que os municípios devem ainda adotar medidas preparatórias para a quarentena obrigatória, iniciando com incentivo à quarentena voluntária e outras medidas julgadas adequadas pela autoridade municipal para evitar a circulação e aglomeração de pessoas.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here