Moradores de rua montaram acampamento na Praça da Saudade, com roupas espalhadas e até colchão (Foto – A Tribuna)

Desde março de 2019, quando o Albergue de Vila Operária foi desativado, moradores de ruas passaram se concentrar mais nas ruas e, principalmente nas praças da cidade, hoje mais precisamente na Praça da Saudade. Antes esta concentração era mais na Praça dos Carreiros, mas, após a reforma e a vigilância permanente do poder público nesta, o problema se intensificou na Praça da Saudade, região central. Eles trocam de roupa, dormem e até fazem necessidades fisiológicas no local.

 

 

————  CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————————————————————————————————

 

 

Quem passa pela Praça da Saudade pode perceber as aglomerações de moradores de ruas, que até lavam roupa e as estendem no alambrado do campo de areia. Existem até aqueles que levaram colchão para o local. Apesar desta praça ser bastante utilizada pela população para atividades físicas, como caminhadas ao final do dia, o lugar está às escuras, o que aumenta sensação de insegurança à noite. Pessoas que utilizam do comércio nas proximidades da praça constantemente são abordadas pelos pedintes.

Uma das melhorias esperadas é o anúncio da substituição e modernização da iluminação da Praça da Saudade. O problema dos moradores de rua no local, no entanto, é antigo. Contribui nesse processo o fato de Rondonópolis estar localizada em um importante entroncamento rodoferroviário, resultando na circulação diária de muitas pessoas de outras localidades. A cidade recebe dos mais altos executivos a pessoas que chegam sem nada e em busca de uma oportunidade de trabalho.

 


Por quase 20 anos, o Albergue Noturno da Vila Operária foi um ponto de apoio para essas pessoas, bem como para tantas pessoas em situação de rua que encontravam no local um importante abrigo para passar a noite. Sem isso, as pessoas recorrem a lugares variados, como a Praça da Saudade. Desde o seu fechamento, existe a promessa da Prefeitura em instalar este serviço novamente – o que ainda não ocorreu.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here