De acordo Silva (1992, p. 57), um bom livro pode ser um presente e uma fonte importante de prazer e conhecimento. Possibilita desde bebê descobrir estes sentimentos, que futuramente poderá ser uma conquista notável na vida. Por isso, é de suma importância e fundamental que a literatura infantil esteja presente diariamente na vida das crianças.

É Importante que os pais criem hábitos de leitura para seus filhos, despertando a curiosidade, a imaginação, a criatividade. As crianças entram na escola ainda bebes, dessa forma, é importante que essas crianças tenham contato desde cedo com os livros, manuseando, fazendo leituras visuais, esses momentos devem ser valorizados dentro da educação infantil.

A partir do momento que é ofertado acesso aos livros, mais encantados a criança ficará pela leitura, tornando-se um indivíduo consciente da importância da leitura na sua vida, tendo com uma postura crítica-reflexiva, com opinião bem clara e definida sobre qualquer assunto.

Para Sandroni & Machado (1998, p. 16), “o amor pelos livros não aparece de repente”. Portanto, os pais e educadores precisam incentivar estimular e devem promover a leitura diariamente. Oportunizando as crianças a chance de conhecer a grande magia que o livro proporciona, fazendo lindas descobertas através da exploração dos livros.

Dessa forma, a literatura apresenta o mundo às crianças por meio de palavras, sendo uma forma de orientar e de desenvolver a imaginação, estimulando um hábito de leitura desde infância de forma significativa e fascinante. Além disso, contribui também no desenvolvimento social, formando o indivíduo crítico e atuante na sociedade, também proporciona condições para o crescimento, incluindo aprendizagem, criatividade e prazer.
Bakhtin (1992) expressou sua visão sobre a literatura infantil e apontou que, é uma ferramenta motivadora e desafiadora, ela pode tornar o indivíduo ativo, responsável por sua própria aprendizagem, entender o contexto em que está inserido e transformá-lo de acordo com sua necessidade.

No dia 18 de abril, comemora-se o Dia Nacional do Livro Infantil em homenagem ao escritor Monteiro Lobato, que nasceu nascido nesta data. A “Monteiro Lobato Editora” foi criada no segundo semestre de 1918. Dois anos depois, Lobato publicou o primeiro livro infantil: “Menina do Narizinho Arrebitado” (1920). Neste livro, o autor narra as aventuras de Naricino e sua turma, personagem de maior destaque em suas obras para crianças.

O mercado disponibiliza várias obras do autor, tanto no segmento infantil, como também para adultos. Assim sendo, sabemos que no Brasil comprar livros está além da realidade de muitas pessoas, por isso a escola precisa sempre trabalhar o livro infantil, pois muitas crianças só tem contato com o livro no ambiente escolar, a comunidade em geral não consegue inserir a compra de livro no seu orçamento, então é importante a doação livros para as crianças se apaixone pela leitura e pelo mundo.

(*) Aldeny Alves de Oliveira e Rosilene Alves Lima são docentes da Rede Municipal de Rondonópolis, MT.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here