Prepare os legumes
Após adquirir os legumes frescos, retire as partes não comestíveis e lave-os em água corrente. Em seguida, corte-os da maneira que achar melhor.

Congelando
Para que alguns legumes e verduras durem por mais tempo, é necessário escaldá-los já picados em água fervente por cerca de 30 segundos a 2 minutos. Depois, coloque-os em um recipiente com água e gelo.
Em seguida, retire o excesso com pano limpo, deixando um pouquinho de água. Esta ação permitirá que eles fiquem com uma textura mais mole após o descongelamento.
Isso pode ser feito com: manjericão, cenoura, pimentão, vagem, brócolis, espinafre, batata, batata-doce, abóbora, mandioquinha, beterraba (não precisa cortar), berinjela, couve, abobrinha, nabo, milho, ervilha e feijão (cozinhar e congelar com o caldo)

Embalando
A dica aqui é montar porções secas com as quantidades certas para cada prato, uma vez que durante o congelamento eles grudarão um no outro. Antes de selar as porções, permita que o máximo de ar seja retirado do saco.
A nutricionista explica que é importante saber que depois de congelados, alguns vegetais não ficarão mais crocantes, e, portanto, serão melhores aproveitados cozidos ou assados.
A melhor forma de descongelar esses alimentos é colocá-los na geladeira um dia antes do preparo. Se quiser optar por um descongelamento mais rápido, coloque os saquinhos selados em água fria
É importante lembrar que verduras usadas como tempero, como cebola, alho, manjericão e alecrim, não precisam passar pela etapa do choque térmico.
No entanto, o processo de secagem delas deve ser bem-feito, uma vez que, congelá-las úmidas fará com que fiquem com uma péssima aparência após o descongelamento.
Outra forma de conservá-las é colocá-las em formas de gelo e completar os depósitos com água ou azeite. Depois, é só tirá-las da forma e já estarão prontas para o uso

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here