Dieta crudívora é baseada em consumir apenas alimentos de origem vegetal e alguns peixes, que devem ser consumidos crus. Por ser rica em fibras, pode aumentar a saciedade, evitando que a pessoa sinta fome facilmente, além de ser baixa em carboidratos simples, calorias e gordura, o que é uma boa opção para quem quer emagrecer.
Entretanto indica-se sempre a procura de um nutricionista antes de iniciar uma nova dieta ou um novo padrão alimentar, pois o profissional irá avaliar quais as necessidades e objetivos da pessoa para indicar o melhor modelo alimentício, seja tanto para emagrecimento ou para hábitos mais saudáveis.

Como funciona a dieta crua?
A dieta crua consiste basicamente no consumo de vegetais, frutas e grãos crus. Os processos de preparação culinários no fogão e forno são rejeitados baseados na ideia de que esquentar os alimentos destrói os nutrientes e as enzimas naturalmente encontradas nas comidas.
A justificativa é que essas enzimas são importantes para o funcionamento adequado do organismo por estimularem a digestão, combaterem doenças crônicas e atuarem no processo de transporte de nutrientes até as células. Alguns defensores do programa alimentar inclusive alegam que cozinhar torna os alimentos tóxicos.
Entre as promessas da dieta crua estão: combate a dores de cabeça e alergias, estímulo à memória e ao sistema imunológico, prevenção e tratamento de prisão de ventre, aumento de energia, manutenção de um peso saudável e melhoria da saúde do coração, da artrite e diabetes.
Na dieta crua, os alimentos podem ser preparados com liquidificadores, processadores de alimentos e desidratadores. Os pratos podem ser servidos frios e até um pouco mornos, porém, não devem passar disso.

Modos de preparar os alimentos
Com a impossibilidade de preparar as refeições no forno ou fogão, é preciso ir atrás de outras possibilidades, tais como:

– Amornação
Os alimentos vão para uma panela de barro, que foi aquecida no fogão ou com uma resistência elétrica. As mãos são utilizadas para monitorar a temperatura das comidas enquanto o processo é realizado.
Vegetarianos: a maior parte dos alimentos é consumida crua e as únicas comidas de fonte animal são os ovos e os produtos laticínios;
Veganos: a maioria dos alimentos são ingeridos crus e não há a presença de nenhum tipo de produto de origem animal no cardápio;
Onívoros: tanto os alimentos de origem vegetal quanto os de origem animal são consumidos, em sua maioria, crus;
Carnívoros: as carnes são ingeridas exclusivamente de maneira crua.

Cardápio da dieta crua
A lista a seguir apresenta alguns dos alimentos permitidos pelo cardápio da dieta crua:

Feijões;
Frutas secas;
Grãos;
Sucos frescos de frutas e vegetais;
Frutas e vegetais frescos;
Grãos;
Legumes;
Leite de coco fresco;
Nozes;
Água (não pode ser da torneira);
Algas marinhas;
Sementes.
Além disso, dependendo do estilo de vida adotado pelo indivíduo, o cardápio pode receber outros alimentos como ovos, peixes (em forma de sushi e sashimi), carne, leite e produtos laticínios – não pasteurizados e não homogeneizados.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here