Desenrolar da prorrogação escancarou o desgaste de ambas as equipes, que pouco conseguiram produzir – (Foto – Cesar Greco)

Três dias após perder a Supercopa do Brasil para o Flamengo, o Palmeiras voltou a deixar escapar um título nos pênaltis, e novamente em Brasília. Nesta quarta-feira (14), no Mané Garrincha, o Verdão foi superado pelo Defensa y Justicia (Argentina) nas penalidades, por 4 a 3, após ser derrotado por 2 a 1 no tempo normal.

Há uma semana, o time paulista venceu o jogo de ida por 2 a 1 no estádio Norberto “Tito” Tomaghello, em Florencio Varela (Argentina). Até os 47 minutos do segundo tempo desta quarta, a partida na capital federal estava empatada em 1 a 1, resultado que dava o título à equipe alviverde.

Uma bomba indefensável do lateral Marcelo Benítez, porém, decretou a vitória do Defensa e levou o duelo para a prorrogação. Nos pênaltis, o atacante Luís Adriano e o goleiro Weverton desperdiçaram as cobranças, enquanto o time argentino teve aproveitamento perfeito.

3 COMENTÁRIOS

  1. O cheirinho mudou de lado e de cor kkkkkkkkkkk. Antes era vermelho e preto, agora é* cheiro verde kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. Tínhamos o Flamengo em crescente próximo aos títulos mas esses não vieram e aí o “cheirinho” virou piada, aos rivais e os palmeirenses eram os mais exaltados com o cheirinho do flamengo. O Flamengo conquistou vários títulos de 2019 até agora e aí em apenas quatro dias o Palmeiras sente o cheiro verde duas vezes em Brasília. kkkkk

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui