Caso de agressão de Bruna Souza pelo ex-esposo chamou a atenção nesta semana- (Foto: Ilustrativa)

A Polícia Civil de Pedra Preta prendeu na tarde desta sexta-feira (09) o suspeito de ser o autor da tentativa de feminicídio ocorrida na última segunda-feira (5), dentro da ótica em que a vítima trabalhava, no centro da cidade.

Segundo a polícia, G.A.S., de 41 anos, invadiu o local de trabalho da ex-mulher, de 33 anos, e desferiu diversos golpes de facas que atingiram órgãos vitais da vítima. Ela foi socorrida ao hospital de Pedra Preta e, depois, encaminhada em estado grave para o Hospital Regional de Rondonópolis.

A Polícia Civil foi acionada pelo proprietário da ótica e teve acesso a imagens das câmeras de segurança da ótica que mostraram o suspeito chegando ao local, quando deixa o capacete em cima de um balcão. Outro ângulo das câmeras mostraram ele fugindo da ótica, com um objeto na mão, mas sem o capacete.

Equipes da Delegacia da Polícia Civil, com apoio da Polícia Militar, realizaram diligências logo após o crime, inclusive na zona rural do município, onde havia informações de que ele estaria, mas não conseguiram localizar o suspeito.

A Polícia Civil apurou que o suspeito não aceitava o término do relacionamento com a ex-mulher. A partir dos indícios coletados, a delegada Lígia Avelar encaminhou na quarta-feira, representação ao Poder Judiciário pela prisão preventiva do suspeito, uma vez que ele estava foragido.

Nesta sexta-feira, o suspeito foi apresentado na delegacia, acompanhado por um advogado, contudo, a prisão já havia sido decretada.
Após a formalização dos procedimentos na delegacia, o suspeito foi encaminhado para a Penitenciária Major Eldo Sá Corrêa, em Rondonópolis.

A vítima segue internada em uma unidade de tratamento intensivo do Hospital Regional. Ela teve diversos órgãos vitais atingidos com os golpes desferidos pelo suspeito.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here