Deputado e prefeito com os representantes de instituições de segurança pública de Rondonópolis -(Foto – Divulgação)

Com a inclusão dos profissionais de segurança pública como grupo prioritário para imunização contra a Covid-19 pelo Ministério da Saúde e a definição do governo estadual em distribuir 5% de cada lote de vacinas para a categoria, o deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) e o prefeito Zé Carlos do Pátio (SD) acompanharam a vacinação dos agentes da segurança de Rondonópolis, nesta quarta-feira (7), no estádio Luthero Lopes. Este município foi considerado o primeiro de Mato Grosso a iniciar a vacinação das forças de segurança.

Todo o processo de imunização seguiu o sistema drive-thru. “Essa foi uma luta árdua que tivemos para garantir essa vacinação para estes servidores que são linha de frente desde o início da pandemia.

Teve o envolvimento da força política e de representantes de entidades, associações e instituições da segurança pública. Eu não posso deixar de agradecer ao Zé do Pátio que está sendo o responsável por essa vacinação.

O governador vai encaminhar mais vacinas, cópia de resolução com ato formal para vacinação da segurança”, diz Claudinei que no início do mês de março encaminhou ofício ao gestor municipal para priorizar a vacinação aos servidores da categoria.

“Só para ter uma ideia, um levantamento feito pela minha assessoria jurídica, foram mais de 2 mil profissionais ativos infectados e cerca de 21 óbitos por causa da Covid-19. Estes servidores da segurança pública são merecedores desta atenção. Afinal, trabalham em prol da sociedade e colocam as suas vidas em risco com a Covid-19 e enfrentam a bandidagem”.

Para Zé do Pátio, este é um momento de reflexão já que é mais do que justo proporcionar este apoio aos servidores da segurança pública. “Vacinar a nossa segurança é dar força e apoio para eles, pois já tivemos muita baixa. Já perderam a vida nesta guerra, porque não foi feito isso antes. É mais do que uma obrigação do poder público vacinar estes servidores”, posiciona o prefeito.

As instituições beneficiadas serão a Polícia Judiciária Civil (PJC), Polícia Militar (PM), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Polícia Federal (PF), Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), Sistemas Penitenciário e Socioeducativo, Corpo de Bombeiros Militar (CBM) e Departamento de Trânsito (Detran) de Mato Grosso.

Também, marcaram presença no local o delegado regional da PJC, Thiago Damasceno, tenente-coronel e comandante adjunto, Gleber Cândido, do 4° Comando Regional da PM, diretor da Penitenciária da Mata Grande, Ailton Ferreira, e Donizete Aparecido Alves da PRF.

Indicações

Claudinei apresentou indicações de n.º 1.984/2021 e n.º 1.356/2019 que foram direcionadas à Presidência da República, aos Ministérios da Saúde e da Justiça e Segurança Pública (MJSP) e para a Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso (SES).

Além desses órgãos competentes, o parlamentar também solicitou, por meio de ofícios, ao deputado Dr. Leonardo (SD), coordenador da bancada federal de Mato Grosso, e ao presidente da Associação Mato-Grossense dos Municípios (AMM), Neurilan Fraga, para articularem com os gestores das 141 cidades de Mato Grosso a inserção dos agentes da segurança pública no grupo prioritário de imunização devido ao Ministério da Saúde ter dado autonomia para essa definição por parte dos Estados, Distrito Federal e municípios do país.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here