Ângelo fechou o placar na Argentina e tornou-se o jogador mais jovem a marcar um gol na história do torneio continental – (Foto – Ivan Storti/ Santos FC)

Mesmo atuando no Nuevo Gasómetro, em Buenos Aires (ARG), o Santos FC não se intimidou com o San Lorenzo, buscou o ataque desde o início e conquistou uma importante vitória por 3 a 1 ontem (6), pelo confronto de ida da terceira fase da Conmebol Libertadores de 2021.

A noite ainda contou com um momento inesquecível, afinal, Ângelo fechou o placar na Argentina e tornou-se o jogador mais jovem a marcar um gol na história do torneio continental, com apenas 16 anos, 3 meses e 16 dias. Lucas Braga e Marinho anotaram os outros tentos santistas.

Com o triunfo, os comandados de Ariel Holan ficam com a vaga na fase de grupos da Liberta até mesmo se perderem por dois gols de diferença na partida de volta. O duelo decisivo acontece na próxima terça-feira (13), às 20h30, no estádio Mané Garrincha, em Brasília.

O jogo

Já no melhor estilo de Ariel Holan, o Santos FC começou a partida em pleno Nuevo Gasómetro dominando completamente as ações de ataque.

Com a posse de bola e sem deixar o San Lorenzo respirar, o Alvinegro Praiano abriu o marcador logo aos 6 minutos em um golaço. Lucas Braga recebeu pela esquerda de Luan Peres, deixou a marcação na saudade e bateu no cantinho para fazer 1 a 0 na Argentina.

Com o passar do jogo, os santistas diminuíram um pouco o ritmo, mas seguiram sem deixar o San Lorenzo assustar o goleiro João Paulo. E quando chegou com perigo, o Santos FC foi fatal. Aos 44, Marcos Leonardo recebeu entre os zagueiros e foi derrubado pelo goleiro Devecchi dentro área.

O árbitro Wilmar Roldan não pestanejou e assinalou o pênalti. Na cobrança, Marinho bateu firme para colocar 2 a 0 no placar do Nuevo Gasómetro.
Com a vitória parcial encaminhada, os comandados de Ariel Holan viram o San Lorenzo entrar em desespero na segunda etapa e ir com tudo pressionando a saída de bola. Mesmo assim, o Peixe seguiu seguro e controlando a partida com a posse da bola.

Aos 11 minutos, Pará cruzou com muita categoria pela direita na área. A bola caiu na cabeça de Lucas Braga, que mandou no canto direito, mas Devecchi foi buscar e salvou o que seria o terceiro do Santos FC.

Mesmo chegando pouquíssimo ao ataque, o San Lorenzo acabou diminuindo o marcador aos 26, quando Nicolás Fernández cruzou pela direita e a bola caiu no pé de Ángel Romero, que dominou e bateu no cantinho de João Paulo.

Com o tento, a equipe de Buenos Aires cresceu nos minutos finais e foi em busca da pressão para empatar o confronto. O Peixe, porém, conseguiu segurar o ímpeto dos argentinos. E aos 48 ainda sobrou tempo para Ângelo, de apenas 16 anos, anotar o terceiro e garantir a importante vitória.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here