Vereador doutor Jonas Rodrigues: “intuito dessa unidade é ajudar a saúde pública no combate a Covid-19” – (Foto: Divulgação)
O vereador doutor Jonas Rodrigues (SD) está defendendo que os R$ 500 mil das sobras do duodécimo dos vereadores, referente ao primeiro trimestre de 2021, que serão devolvidos pela Câmara Municipal a Prefeitura, sejam investidos na criação de uma unidade “Sentinela” volante para o diagnóstico precoce da Covid-19. O vereador encaminhou ao prefeito um requerimento com a sugestão.
————  CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————
————————————————————————————

 

“A princípio esta unidade volante pode prestar atendimento na Praça do Carreiros. O intuito dessa unidade é ajudar a saúde pública no combate a Covid-19.

Como sabemos, estamos classificados como Município com alto risco de contágio e precisamos tomar todos os cuidados e não baixar a guarda.

Esta unidade volante poderá auxiliar na triagem descentralizada da população”, argumentou o vereador.

Conforme publicado pelo A TRIBUNA, os R$ 500 mil das sobras do duodécimo no primeiro trimestre de 2021 serão restritos para investimentos no combate à Covid-19.

“Esse recurso poderá servir para compra de insumos como oxigênio, testes, respiradores, contratação de profissionais e implantação de leitos de UTI”, disse o vereador Roni Magnani (SD), presidente da Casa de Leis.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here