Policiais Penais interceptaram ainda um drone com materiais – (Foto: Divulgação)

Ontem, 23/2, no Corpo da Guarda da Penitenciária Mata Grande, durante o procedimento de revista nos pertences trazidos por uma visitante e que seriam entregues a um recuperando, o cão farejador apontou indícios de material ilícito.

Os Policiais Penais fizeram a revista minuciosa e encontraram costurados nos cós da bermuda 295 selos de substância aparentando serem o alucinógeno Dietilamida do Ácido Lisérgico (LSD).

A visitante foi presa em flagrante delito e encaminhada à Delegacia de Polícia junto com as substâncias ilícitas.

Cão encontrou os selos de LSD costurados nos cós de uma bermuda – (Foto: Divulgação)

Ao meio dia aproximadamente, a direção e os Policiais Penais plantonistas interceptaram ainda um aparelho móvel drone com um carregamento de ilícitos: aproximadamente 100 gramas de substância aparentando ser maconha, 01 fone de ouvido, 12 cartões com chips, 04 aparelhos celulares e um pacote de papel de seda. O aparelho drone também fora apreendido.

Com mais essa apreensão já são 35 drones apreendidos na Mata Grande. O sucesso dessas apreensões, segundo informado, se deve às várias ações preventivas para coibir que esses materiais ilícitos cheguem às mãos dos recuperandos, quais sejam: instalação de tela nos solariuns das ante-alas, alambrados em toda a Unidade Penal, cerca no perímetro externo da Unidade, rondas diurnas e noturnas e a vigilância ostensiva dos Policiais Penais nas torres, como também uma equipe de Policiais Penais que fazem campana na laje da penitenciária.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here