Ainda sem novo aumento, em praticamente todos os postos da cidade, o valor do litro da gasolina já ultrapassa os R$ 5,00 – (Foto – Patrícia Cacheffo)

Em praticamente todos os postos de combustíveis da cidade, o preço do litro da gasolina já ultrapassou os R$ 5,00. Se o número assusta, é bom preparar o bolso, pois a partir da próxima semana a gasolina e o óleo diesel devem sofrer um novo reajuste.

A Petrobras anunciou na última quinta-feira (18) mais um aumento dos preços médios de venda às distribuidores, que começaram a vigorar nesta sexta-feira (19).

 

 

————  CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————
————————————————————————————

 

 

Com isso, o preço médio de venda de gasolina nas refinarias da Petrobras passou a ser de R$ 2,48 por litro, refletindo aumento médio de R$ 0,23 por litro. Para se ter uma ideia, em dezembro passado, o litro da gasolina custava em média R$ 1,84 nas refinarias.

Já o preço médio de venda do diesel passou a ser de R$ 2,58 por litro, refletindo aumento médio de R$ 0,34 por litro.

(Foto – Patrícia Cacheffo)

O novo valor pesa no bolso e dificulta ainda mais a vida de quem atua no setor de transportes, como é o caso das transportadoras e dos caminhoneiros. Os novos valores ainda não foram repassados, mas no mínimo os R$ 0,23 da gasolina e os R$ 0,34 do diesel serão repassados ao consumidor.

“O consumidor deve sentir esse aumento nesta semana, mas não dá para saber o quanto, pois isso vai de cada posto, a quantia que o empresário decidir repassar para o seu cliente”.

Etanol segue mais vantajoso

Apesar do aumento nos últimos dias, com o disparo do preço da gasolina, em boa parte dos postos de combustíveis de Rondonópolis, o etanol segue mais vantajoso para o abastecimento.

A gasolina só é considerada mais vantajosa quando a relação de paridade entre os preços está acima de 70%. Calculando os valores de acordo com um posto de combustível (com bandeira) na Avenida Bandeirantes, Centro, cujo preço do litro da gasolina está em R$ 5,11 e do álcool em R$ 3,41, a paridade dos produtos fica em 66%, ou seja, mais vantajoso abastecer com etanol.

Em tese, os carros leves mais utilizados nas ruas consomem 30% a mais com álcool do que com gasolina percorrendo a mesma distância.

Contudo, mesmo que matematicamente o etanol esteja mais vantajoso, o consumidor, ao fazer a avaliação sobre qual produto irá utilizar, deve também levar em consideração o consumo do seu tipo de veículo, para assim comprar o produto mais vantajoso para o seu bolso.

1 COMENTÁRIO

  1. Vamos partir da seguinte premissa: fique em casa, a economia a gente ve depois. As consequencias são simples de entender: a economia parou; o dolar subiu; o preço da gasolina é atrelado ao dolar e, obrigatoriamente, subiu. Qualquer pessoa com um QI acima de 110 previu isso. Pessoas com um QI rebaixado estão indignadas e surpresas.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here