A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) prendeu, na tarde de ontem (16), um homem suspeito de matar uma mulher a pauladas no Parque Universitário. O corpo da vítima, que até o momento não foi identificada, foi encontrado no dia 09 de fevereiro em uma obra em construção no bairro.

Segundo as informações, o homem preso após o trabalho investigativo da delegacia confessou o crime. Ele contou aos investigadores que a mulher, que aparenta ter idade entre 20 a 30 anos, seria uma garota de programa.

O suspeito disse que pagou R$ 100 pelo encontro, que aconteceu em seu horário de almoço do trabalho, na segunda-feira, dia 08 de fevereiro, na construção onde o corpo foi localizado no dia seguinte. Ele relatou que em determinado momento do ato houve um desentendimento entre os dois, momento em que ele pegou um pau e desferiu os golpes contra a vítima.

O homem disse que retornou ao trabalho e, somente no fim do expediente, passou em um mercado, comprou álcool e retornou ao local para por fogo no corpo da vítima. No dia em que a mulher foi encontrada morta, ela estava despida e com as roupas e parte do corpo incendiados.

Para elucidar o crime, a polícia contou com apoio de câmeras de segurança de comércios e empresas da região, que identificaram o homem caminhando ao lado da vítima rumo ao local em que o crime aconteceu. A camiseta que ele utilizava no dia também foi apreendida no momento da detenção ontem.

Devido a Lei de Abuso de Autoridade, o nome do homem e a imagem dele não foram divulgados pela Polícia Civil, mas já se sabe que se trata de alguém com passagens criminais. O corpo da vítima permanece no IML de Rondonópolis à espera de reconhecimento por parte de familiares.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here