Originário do México (onde é conhecido como chayote), já era cultivado pelos astecas antes da chegada de Cristóvão Colombo, em 1492. O chuchu se espalhou pela América do Sul e foi levado até a China, onde foi apreciado de cara – não fosse assim, não seria chamado de “mão-cuia de Buda”. Entre os cantoneses, é tido como um dos melhores acompanhamentos para carne de porco. Apesar da popularidade no Extremo Oriente, a fama de insosso acompanha o chuchu por toda parte. Nos Estados Unidos, ele não vingou; entre os europeus, só a Espanha parece ter algum apreço pela chamada patata china (batata chinesa).

Parente da melancia, do melão, da abóbora e do pepino, o chuchuzeiro é uma hortaliça fruto. É quase todo composto de água (90% a 95%), o que o gabarita a ser usado como diurético.  “É rico em fibras, também desempenha papel importante no funcionamento do intestino”, afirma Evilânia Moura Rodrigues, nutricionista do Ambulatório de Nutrição do Hospital Samaritano de São Paulo. Além disso, o chá de sua folha pode ajudar no controle da pressão arterial.

Gera força e energia ao organismo: Rica fonte de vitaminas, o chuchu também pode deixar o nosso organismo mais disposto e fortalecido. Esses componentes são agentes energéticos naturais para o corpo, além de melhorar as sensações de humor.

Favorece o emagrecimento saudável: Com poucas quantidades de calorias e também pela presença dos agentes antioxidantes, o consumo de chuchu também é responsável pela limpeza e desintoxicação do organismo, ajudando a desinchar o corpo e na perda natural de gorduras localizadas.

Faz bem para os rins: A boa quantidade de potássio faz com que o consumo de chuchu ajude também nas funções desses órgãos, favorecendo a filtragem de nutrientes, além de prevenir problemas como as pedras ou cálculos renais.

Ajuda na formação do bebê durante a gestação: Mulheres grávidas devem consumir bastante chuchu durante o desenvolvimento do bebê. Isso se deve pela presença de ácido fólico no vegetal, uma vitamina associada ao bom desenvolvimento fetal, sendo recomendado como suplemento natural na gestação.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here