A equipe da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Rondonópolis cumpriu a prisão preventiva – (Foto: Divulgação/PJCMT)

 

A equipe da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Rondonópolis (DEDM) cumpriu, na manhã desta segunda-feira (7), a prisão preventiva de um homem de 26 anos investigado pelo estupro de duas crianças (suas enteadas) ocorrido na cidade de Novo Gama, no interior de Goiás.

Ele estava com a prisão preventiva deferida pela juíza Franciely Vicentini e após cometer o crime foragiu para outras cidades e se escondeu, com auxílio de familiares, em diferentes estados.

O estupro ocorreu há pouco mais de um ano. O Conselho Tutelar da cidade de Novo Gama foi acionado pela escola onde as crianças, de 7 e 8 anos, estudavam. Em seguida, o conselho levou o caso à Polícia Civil que passou a investigar os abusos.

A mãe das crianças teria se comprometido a retirar as menores do convívio do suspeito, contudo, na presença dele fez as crianças negarem que havia ocorrido o crime. A mãe também passou a ser investigada pelo crime previsto no artigo 247, do Código Penal.

As crianças foram retiradas da casa pelo Conselho Tutelar e passaram a morar com outros familiares.

Ele utilizava suas redes sociais normalmente. Com base nas informações passadas pela Polícia Civil de Novo Gama, a equipe da DEDM de Rondonópolis passou a monitorar o local onde o suspeito residia e nesta segunda-feira conseguiu efetuar a prisão, no bairro Jardim Liberdade.

Após a prisão, ele foi encaminhado à delegacia e posteriormente irá para a penitenciária Major Eldo de Sá Corrêa, até que seja recambiado para o estado de origem.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui