O caminhão boiadeiro foi interceptado pela Polícia Militar Rodoviária de Mato Grosso do Sul – (Foto – Divulgação/PMR/MS)

 

Um empresário de Pedra Preta foi preso na sexta-feira, em Mato Grosso do Sul, transportando 5,3 toneladas de maconha escondidas em um fundo falso de um caminhão boiadeiro.

A prisão ocorreu na BR-163, no Distrito de Anhandui, depois que o empresário foi parado pela Polícia Militar Rodoviária (PMR) durante a realização da Operação Hórus desencadeada pela Secretaria de Segurança Pública de Mato Grosso do Sul e pela Secretaria Nacional de Operações Integradas (SEOPI) do Ministério de Justiça e Segurança Pública.

Segundo informação da PMR de MS, o fato ocorreu enquanto a equipe da Polícia Militar Rodoviária se deslocava naquela rodovia, no trecho entre Campo Grande e Anhandui.

Ao dar ordem de parada ao veículo, com placas de Pedra Preta–MT, os policiais notaram nervosismo excessivo por parte do condutor, além de informações desencontradas acerca da viagem que estaria fazendo.

 

———  CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————————————————————————————————

 

 

Durante busca minuciosa no veículo, a equipe da PMR localizou em um fundo falso no compartimento superior do semirreboque diversos tabletes de maconha, que após pesados totalizaram 5.351 quilos.

Ao ser questionado, o empresário, que tem 46 anos, informou aos policiais que buscou o veículo preparado em Dourados–MS e levaria até Campo Grande, recebendo a quantia de R$ 50 mil. Ele foi preso e encaminhado para a Delegacia de Narcóticos junto com o caminhão boiadeiro e as drogas apreendidas.

 

2 COMENTÁRIOS

  1. Por que a lei protege o nome dos grandes traficantes? Só pé de chinelo é fotografado e mostrado a cara e o nome. É uma vergonha as leis brasileiras.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here