REGIONAL I

Não sei se a nossa classe política ficou sabendo, mas aquele probleminha no Hospital Regional, de pessoas aguardando por cirurgia e sem nenhuma resposta de quando isso irá acontecer, ainda persiste. Todo cuidado é pouco para o morador de Rondonópolis e região, pois, se tiver o azar de sofrer alguma fratura, vai ficar dias e até semanas esperando sua cirurgia…

REGIONAL II

Quando não, você vai ficar na UPA mesmo, não se dão nem ao trabalho de te aceitar como paciente no Regional, mesmo sendo um caso de média ou alta complexidade. Pior são as respostas: estamos superlotados, estamos resolvendo, não é bem assim…

REGIONAL III

As denúncias que chegam dos funcionários é de que o problema da demora é por falta de pagamento para fornecedores. Por isso, os pacientes foram se acumulando e agora o Regional está superlotado. Tem muita gente sofrendo e pouco tem sido feito para resolver essa questão… Essa informação é verídica? O Estado não pagou o fornecedor? Por que as pessoas seguem sendo tratadas dessa forma?

 

NO CARTÃO I
O pagamento de serviços cartoriais extrajudiciais no Estado de Mato Grosso, por meio de parcelamento através de crédito pode virar lei. Um projeto de lei com esse objetivo tramita na Assembleia Legislativa de Mato Grosso, (ALMT) e é de autoria do deputado Estadual, Paulo Araújo (Progressistas).
NO CARTÃO II

“A nova era exige atualização dos serviços de interesse público.

A celeridade do atendimento é incompatível com longas e demoradas filas, para atendimento aos usuários que, atualmente, em Mato Grosso, ainda precisam circular com dinheiro para fazer pagamentos em cartórios.

Queremos com esse projeto mudar essa realidade”, defende o parlamentar.

 

 

BARRIGA I

Enquanto a campanha política corre solta, fica difícil esperar algo de bom daqueles que estão recebendo um polpudo salário + verba indenizatória para tratar dos nossos interesses como cidadãos. Ler a famosa Pauta do Dia da Câmara Municipal de Vereadores dá vontade de chorar…

BARRIGA II

É pedido pra mudar nome de rua com urgência (isso mesmo, URGÊNCIA), são projetos e mais projetos para fazer essas trocas de denominação de Logradouro Público… E tem até uma pérola: dois vereadores indicando Moção de Aplausos para a MESMA pessoa.

BARRIGA III

Não que a pessoa homenageada não mereça, pelo contrário, merece todas as homenagens… Mas, será que os vereadores não conversam entre si? Ou será que um “pulou” o outro?

 

CODER
O concurso que será realizado pela Coder, que já está com inscrições abertas, tem também vagas para início imediato. Para conferir se o cargo de interesse tem alguma vaga imediata ou somente para o cadastro reserva, é necessário acessar o site da realizadora e olhar cargo por cargo no Edital. Na edição de ontem, dissemos que as vagas eram somente para cadastro reserva, mas existem também para início imediato, por isso, fazemos a correção.

 

 

MONITORAMENTO I

A onça pintada que foi solta no Pantanal depois de se recuperar dos ferimentos causados por incêndios florestais será monitorada por rádio-colar com GPS que permitirá o acompanhamento de sua readaptação. O controle do animal, chamado de Ousado, será realizado pelo Instituto Chico Mendes (ICMBio).

MONITORAMENTO II

“A partir do rádio-colar será possível monitorar sua localização e saber o seu comportamento”, explica o analista ambiental do ICMBio Ronaldo Morato.

“Nossa maior preocupação é saber se o Ousado terá sucesso na sua readaptação, se está caçando, se alimentando, aonde está indo”, afirma.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here