O conforto é um remédio que o corpo e a mente necessitam quando ambos estão cansados.

De que forma eu vou conseguir esse conforto? Correndo atrás. O cientista químico francês, Lavoisier, já dizia que na vida nada se cria, tudo se transforma.

Daí você tem bens materiais e está naquela fase de ter seu corpo e sua mente cansados, você deve transformar esse seu patrimônio em um conforto.

Porque o patrimônio fica e o seu corpo e sua mente vão embora. O patrimônio que você adquiriu durante anos com muito trabalho e sacrifício, abdicando desse conforto, vai ficar para seus herdeiros (filhos, esposa ou esposo, netos), esses entes queridos que gozarão desses bens; e a sua mente e o seu corpo vão embora sem receberem nenhum agradecimento.

O destino de cada um de nós está traçado. Mas como não sabemos nem o dia e nem a hora que o trem bala vai chegar, devemos usufruir desse conforto intensamente quando percebermos que nossa mente e nosso corpo estiverem cansados.

Cada um tem aquilo que produz. O patrimônio é conseguido por quem quer ter um patrimônio. A mente cansada e o corpo cansado são resultados desse esforço. Então cada um construa o seu patrimônio para quando estiver com sua mente e com seu corpo cansados, poder transformar esse patrimônio em um conforto.

“Eu nasci há dez mil anos atrás”, e sei o que falo. Te digo, goze a vida intensamente quando você perceber que está com seu corpo e mente necessitando de um conforto. Venda o seu patrimônio e bote o dinheiro em um “saco seguro”. Daí vai gastando ele na medida em que o seu corpo e sua mente vai te pedindo o conforto tão necessário nessa fase da vida.

Lembrando que conforto é tudo que alivia a mente e o corpo. E onde está Deus nisso tudo? Deus é o Mestre. É Ele quem está gerenciando essa tua construção. É Ele quem te dá a paz eterna.

(*) Saulo Moraes, é advogado, jornalista por formação acadêmica, e uma pessoa muito feliz

3 COMENTÁRIOS

  1. Beleza, Saulo. Nada material se leva dessa vida. O que se deixa são as atitudes benéficas. Estas sim, deixarão inesquecíveis lembranças àqueles que fizeram parte da nossa história.

  2. Parabéns pelo texto, muito bom, é um alerta para usarmos o que temos, nao adianta ter bens se eles não são nossos servos, o dinheiro é para nos servir e não para sermos servos dele,. Seu texto Dr. me faz lembrar do que disse o sábio rei Salomão ” Não há nada melhor para o homem do que comer e beber, e fazer com que sua alma goze do bem do seu trabalho.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here