A eleição municipal em Rondonópolis tem recorde de candidatos concorrendo a uma vaga na Câmara Municipal – (Foto: Divulgação)

 

A eleição municipal em Rondonópolis tem recorde de candidatos concorrendo a uma vaga na Câmara Municipal. Conforme dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 496 pessoas pediram registro de candidatura para o legislativo que conta atualmente com 21 vagas de vereadores. Nas eleições municipais de 2016, por exemplo, o número de postulantes à Câmara Municipal foi 296.

Em quatro anos, foi registrado um aumento aproximado de 67,6% no número de concorrentes. O crescimento na quantidade de candidatos também ocorreu para a eleição majoritária, que passou de quatro candidatos a prefeito em 2016 para oito nesta eleição.

Apesar do aumento no número de candidatos, a porcentagem de mulheres que tenta uma vaga no legislativo permaneceu a mesma. Elas representam apenas 33% das candidaturas em 2020, mesmo índice da eleição anterior. Para o executivo municipal, Rondonópolis tem apenas uma mulher que concorre ao cargo de vice, nenhuma a Prefeitura.

 

————  CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  ————
————————————————————————————

 

 

As estatísticas do TSE também revelam que 41,1% dos candidatos possuem curso superior em Rondonópolis, um contraponto com a porcentagem de eleitores com o mesmo grau de instrução, que representam somente 14,35% da população apta a votar. Esses dados também são diferentes do Estado, em que 28,35% dos candidatos têm ensino superior completo. A maioria dos postulantes em Mato Grosso têm Ensino Médio Completo (35,82% do total).

Também é pequeno em Rondonópolis, o número de candidatos que declarou saber apenas ler e escrever (14), o que representa 2,73% do total de candidatos. No Estado, são 415 pessoas que declaram apenas ler e escrever, ou seja, 3,25% do total de candidaturas.

A maior parte dos postulantes em Rondonópolis se declara parda (49,22%) e 10,16% se afirmam negros, com 39,84% de brancos e menos de 1% são candidatos que se declaram amarelos e indígenas. Conforme o TSE, Rondonópolis tem apenas um candidato indígena.

Neste caso, as estatísticas mostram a mesma realidade em Mato Grosso, com a maior parte dos candidatos se declarando pardos (49,64%) e 10,06% negros, com 38,14% se declarando brancos e menos de 1% amarelos e indígenas. Em Mato Grosso, inclusive, o número de candidatos indígena também é bem pequeno (124).

Os dados do TSE demonstram ainda um pequeno número de candidaturas em que o postulante utilizou o nome social. No total, há apenas quatro candidatas em todo o Mato Grosso utilizando o nome social na urna. Uma em Rondonópolis e somente 15 eleitores aptos a votar com nome social na cidade.

 

Realidade diferente

Se em Rondonópolis houve um significativo aumento na quantidade de candidatos nesta eleição quando comparada com a de 2016, Mato Grosso não seguiu o mesmo ritmo. O TSE aponta acréscimo no número de candidatos, porém aumento de aproximadamente 2 mil candidaturas.

Em 2016, 10.401 pessoas concorreram nas eleições e neste ano, os pedidos de registros somam 12.752 pessoas que vão para o teste das urnas.
Também se manteve estável o percentual de mulheres concorrendo nas eleições atuais com relação ao pleito anterior. Em Mato Grosso, elas representam apenas 34,2% do total de candidaturas.

 

Jovens ainda são minoria

Entre os candidatos nesta eleição, a quantidade de jovens concorrendo é pequena, entre 20 e 29 anos, a cidade tem apenas 36 postulantes ao cargo de vereador. A maior parte dos que concorrem no pleito têm entre 40 e 44 (94 candidatos) e entre 45 e 49 (81). Essa faixa etária representa 34,18% do total de candidaturas.

Essa mesma realidade é verificada em todo o Estado, com a maior parte dos candidatos com idades entre 40 e 49 anos. Em Mato Grosso, eles representam 33,96% do total dos candidatos.

 

Casados são maioria

A maior parte dos candidatos de Rondonópolis se declarou casada (43,6%), mas a quantidade de solteiros também é alta, representando 41,6% dos postulantes. Os divorciados são 12,5%, enquanto há 1,95% de candidatos viúvos. Cerca de 0,3% declararam serem separados judicialmente.

Em Mato Grosso, o número de casados é superior a Rondonópolis (50,6%) e 39,1% informaram serem solteiros. Existem ainda 7,76% que são divorciados e 0,77% separados judicialmente.

 

1 COMENTÁRIO

  1. Cadê os jegues vindo comentar que acha um absurdo 8 candidatos a prefeito e um monte de candidato a vereador kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk tem quer ser muito ignorante pra reclamar do número de candidatos. Depois essas pessoas reclamam de como Rondonópolis está ruim e bla bla bla.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here