(Foto: Arquivo/Tânia Rêgo/Agência Brasil)

 

Estamos vivendo a era das fakenews e do negacionismo, e um dos alvos nos últimos tempos são as vacinas. O chamado movimento antivacina já é uma realidade mundial, algo que coloca em risco todo mundo. Especialmente pelas redes sociais, esses grupos disseminam informações falsas sobre vacinas, o que acaba levando pais a não imunizarem seus filhos.

Neste próximo sábado (17), ocorre o Dia D da campanha de multivacinação, em que de forma gratuita o Ministério da Saúde vai oferecer a possibilidade para que pais ou responsáveis coloquem em dia o cartão de vacinação de crianças e adolescentes. Em Rondonópolis, quase 40 unidades de saúde vão estar abertas o dia todo para atender os moradores.

É importante sempre lembrar que, quem não se vacina, não coloca apenas a própria saúde em risco, mas também a de seus familiares e outras pessoas com quem tem contato, além de contribuir para aumentar a circulação de doenças. Tomar vacinas é a melhor maneira de se proteger de uma variedade de doenças graves e de suas complicações, que podem até levar à morte.

Foi graças à vacinação que houve uma queda drástica ao longo de nossa história na incidência de doenças que costumavam matar milhares de pessoas todos os anos até a metade do século passado – como coqueluche, sarampo, poliomielite e rubéola. Mas, mesmo estando sob controle hoje em dia, elas podem rapidamente voltar a se tornar uma epidemia caso as pessoas parem de tomar a vacina.

Neste sábado, leve seu filho até uma unidade de saúde em posse do cartão de vacinação. Sarampo, febre amarela, rubéola, caxumba, hepatites A e B e poliomielite são algumas das doenças que podem ser evitadas. Para se ter uma ideia, somente contra a poliomielite, há mais de 13 mil crianças entre um e cinco anos em Rondonópolis que precisam se imunizar.

A segurança da vacinação já é uma realidade há muito tempo, e negar isso é simplesmente burrice. Coloque a vida de seus filhos, a sua e a da sua comunidade em primeiro lugar!

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here